Mestre de bateria morto, Paulão é homenageado em evento na Renascer

Mestre Paulão. Reprodução de vídeo

Rio. O ex-mestre de bateria da escola de samba Renascer de Jacarepaguá, o mestre Paulão, de 54 anos, morreu, após um ataque a tiros na noite de sexta-feira (12), na rua Soldado Mário Korcel Filho, no Anil. Outras duas pessoas ficaram feridas.

Policiais militares do 18º BPM (Jacarepaguá) foram até o local, assim como o Corpo de Bombeiros do quartel do bairro e encontraram Paulo Silva Vieira de Araújo já sem vida. A Delegacia de Homicídios da capital foi acionada e investiga o caso.

Os dois feridos foram levados para o hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca,na Zona Oeste. No sábado (13), eles tiveram alta hospitalar. Paulão, que comandou a bateria da Renascer por muitos anos, recebeu uma homenagem póstuma durante a feijoada da Renascer no sábado, convocada pelo locutor do evento, Marcelo Pacífico, que relembrou a trajetória do mestre. O público fez um minuto de silêncio.

O corpo será enterrado nesta segunda-feira (15), às 11h, no Cemitério do Pechincha, em Jacarepaguá, na Zona Oeste. No último Carnaval, Paulão esteve à frente a bateria da Acadêmicos do Anil, que desfila no Grupo de Avaliação da Intendente Magalhães.

Comentários

 




    gl