Liesa negocia direitos dos desfiles com investidores ligados ao futebol, diz colunista

Mangueira foi a campeã do Carnaval 2019. Foto: Fernando Grilli/Riotur

Segundo o colunista Lauro Jardim, a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) pretende vender os diretos dos desfiles das escolas de samba do Carnaval do Rio por 15 anos.

A entidade estaria negociando um pré-contrato com pagamento mínimo de R$ 95 milhões por ano com um grupo de investidores ligado do mundo do futebol. As conversas entre as partes teriam se iniciado há três meses.

Caso o acordo seja efetuado, os compradores passariam a negociar os direitos de transmissão para televisão, a venda de camarotes e todo o resto que possa ser explorado comercialmente nos desfiles da Marquês de Sapucaí. O grupo também comprometeria a melhorar a infraestrutura do espetáculo.

Comentários




    gl