Série B 2019: Com Maria Helena e Chiquinho, Arame de Ricardo homenageia Jeronymo

Desfile Arame de Ricardo 2019. Foto: Nícolas Barbosa/SRzd

O baluarte da Portela Jeronymo Patrocínio foi o homenageado do enredo “O primeiro bailarino do Carnaval”, levado pela Arame de Ricardo para a Estrada Intendente Magalhães, na madrugada desta quarta-feira (6), pela Série B. A escola levantou o público ao trazer, dentre as figuras ilustres que marcaram presença no desfile, o lendário casal de mestre-sala e porta-bandeira da Imperatriz Leopoldinense: Chiquinho e Maria Helena.

Além deles, a atual dupla da verde e branco de Ramos, e os casais de Jacarezinho e Arranco do Engenho de Dentro, também desfilaram e foram aplaudidos pelo público. Já o casal do Arame, Roberto Vinícius e Alana Couto, foram elogiados pela comentarista do SRzd Eliane Santos Souza. A especialista destacou a sintonia e sincronismo da dupla:

“O mestre-sala realizou os passos característicos do bailado: meneios e reverências, fugas e contra-fugas, ao ritmo sincopado do samba, com perfeita habilidade, e durante a “apresentação da bandeira” destreza e segurança, assim como, movimentos como a “carrapeta”, sendo impecável durante a “pegada de mão”, quando possibilitou a porta-bandeira deslizar com elegância e leveza no “aviãozinho”. Pode ser observada a integração e harmonia do par”.

Antes da dupla, a comissão de frente relembrou a escola de Jeronymo, Portela, ao trazer representações de águia na coreografia. Por sinal, as cores azul e branco, também presentes no pavilhão da agremiação, tiveram destaque na plástica da escola. Para o comentarista do SRzd Wallace Safra, o conjunto visual do Arame teve defeitos que podem comprometer a posição da escola no resultado oficial.

“O carnavalesco Bruno Rocha apresentou um conjunto de fantasias com grande uso de penas artificiais, acetato e espuma. O carnavalesco enfatizou seu trabalho em golas e esplendores. As alegorias apresentaram fácil leitura, mas com acabamentos simples e com algumas ferragens aparentes. Destaque para o figurino da comissão de frente e baianas. Observação à importância de calçar bem a escola, fato que a agremiação pecou nas composições.”

Bateria, samba-enredo, harmonia e evolução foram quesitos satisfatórios na apresentação do Arame, quando foi a sexta a desfilar pela noite da Série B.

Confira fotos do desfile:

Comentários




    gl