Com mensagem contra intolerância religiosa, Portela emociona e mostra força da comunidade em ensaio técnico

Ensaio técnico da Portela (17/02/19). Foto: SRzd

“Pra ver a Portela tão querida e ficar feliz da vida”, canta o samba que se torna realidade na Sapucaí. Ao fechar os ensaios deste domingo (17), a maior campeã do Carnaval carioca, com 22 títulos, passou pela Avenida sob uma fina chuva e levantou o público nas arquibancadas. A escola emocionou o Sambódromo e honrou o apelido de “Majestade do Samba”.

Um dos fatos marcantes foi logo após o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, quando a azul e branco, que apresenta a história de Clara Nunes e sua religiosidade no Carnaval de 2019, trouxe um grande cartaz em que se lia: “Não existe claridade onde reina a intolerância religiosa”. A escola mostrou seu repúdio à prática de discriminação que possui altos índices no Brasil.

+ Galeria de fotos

Ensaio técnico da Portela (17/02/19). Foto: SRzd

– Veja o discurso do presidente da Portela no ensaio técnico

Comissão de frente

Em seu primeiro ano com Carlinhos de Jesus no comando, a comissão de frente, que contou com 14 integrantes no ensaio, sendo 10 mulheres e 4 homens, mostrou dança forte e abriu o desfile animando o público.

Para o comentarista do SRzd no quesito, Márcio Moura, a comissão de frente da Portela foi bem, mas guarda o principal para o desfile oficial.

“Comandada por Carlinhos de Jesus, a comissão trouxe um grupo pautado na dança afro religiosa. Fortes e expressivas guerreiras de Yansã? Talvez. Mas, conhecendo Carlinhos, o melhor ficará para o oficial.”

Casal de mestre-sala e porta-bandeira

Ensaio técnico da Portela (17/02/19). Foto: SRzd

Depois de sua estreia em 2018 com três notas 10, o casal Marlon Lamar e Lucinha Nobre mostrou companheirismo numa apresentação cheia de talento. Para a comentarista do SRzd no quesito, Eliane Santos Souza, o primeiro casal da Portela teve sintonia no bailar:

“O casal de mestre-sala e porta-bandeira da Portela dançou durante todo o percurso demonstrando firmeza na performance. Marlon Lamar desenvolveu seus passos com destreza, apresentando uma releitura do movimento descrito pelo bailarino Edmundo Carijo: o promenade da dança clássica. A veterana Lucinha Nobre, trajando uma indumentária no estilo das usadas pelas porta-estandartes de Porto Alegre, deslizou na passarela. Ela exibiu seu gesto diferenciado de desfraldar o pavilhão – pela esquerda – no momento da apresentação da bandeira (obrigatório na coreografia do mestre-sala) e executou com fluidez os passos característicos de sua coreografia.”

– Veja a apresentação do casal mestre-sala e porta-bandeira

Samba-enredo

Ensaio técnico da Portela (17/02/19). Foto: SRzd

Em homenagem à cantora Clara Nunes, o samba-enredo “Na Madureira moderníssima, hei sempre de ouvir o canto de uma Sabiá”, que está entre os mais ouvidos do Carnaval de 2019, foi cantado por toda a avenida e teve ótimo desempenho. Tanto os componentes da escola, quanto os espectadores fizeram ecoar a obra que era levada na voz de Gilsinho.

Bateria

Ensaio técnico da Portela (17/02/19). Foto: SRzd

A “Tabajara do Samba”, que tem o mestre Nilo Sérgio a sua frente desde 2006, foi impecável em sua performance, segundo o comentarista do SRzd no quesito, Claudio Francioni:

“A bateria da Portela fez uma apresentação sublime. Perfeito equilíbrio de timbres, segura na execução de levadas e convenções e com bossas criativas e bem executadas. Um grande presente para o mestre Nilo Sérgio no dia de seu aniversário.”

– Veja a apresentação da bateria

Harmonia

Ensaio técnico da Portela (17/02/19). Foto: SRzd

A escola mostrou a que veio, com altíssimo número de componentes. Todos cantando o samba-enredo a plenos pulmões. Com alas coreografadas e bem organizadas, a escola de Madureira fez uma passagem emocionante pela Avenida e provou que tem o que é preciso para angariar muitas notas 10 no quesito.

Evolução

Ensaio técnico da Portela (17/02/19). Foto: SRzd

Apesar de um grande número de componentes ser, diversas vezes, um desafio, a escola se mostrou organizada em sua evolução. Sem buracos, a azul e branco passou pela Sapucaí com ritmo certo e demonstrou estar preparada para realizar um desfile nota 10 na primeira semana de março, quando será a terceira a desfilar na Segunda-feira de Carnaval.

Durante os ensaios técnicos, a equipe do SRzd está no espaço do Camarote Vivant!, no Setor 4 do sambódromo. Veja aqui como adquirir seu ingresso para o Camarote Vivant!

Comentários




    gl