Carnavalescos deixam Unidos de Bangu

Guilherme Diniz e Rodrigo Marques não são mais carnavalescos da Bangu. Foto: Divulgação

Guilherme Diniz e Rodrigo Marques não são mais carnavalescos da Unidos de Bangu. A dupla, que havia retornado à agremiação onde venceu o Carnaval da Série B em 2017, publicou texto de despedida da agremiação. Guilherme e Rodrigo foram recontratados logo após os desfiles de 2019, quando assinaram a apresentação da Unidos da Ponte.

+ Fique por dentro da ‘Dança das Cadeiras’ do Carnaval 2020

Na carta divulgada em rede social, os carnavalescos relembraram suas trajetórias e expressaram tristeza pelo trabalho interrompido a pouco mais de quatro meses da folia.

Confira o texto na íntegra:

É com pesar que comunicamos a todos que a partir do presente momento não integramos mais o quadro de profissionais do GRES Unidos de Bangu.

Foram longos anos de participação (direta ou indireta) na confecção do carnaval da escola:

Em 2017, colaboramos na função de Carnavalesco, o que fez a escola ser campeã e ascendesse entre as que desfilariam na Sapucaí, na Série A, condição esta que a escola mantém até os dias atuais.

Em 2018, apesar da não continuidade do cargo supracitado por opção da agremiação, surgiria o convite à posteriori de assumir a Direção de Carnaval, o que foi prontamente aceito por nossa parte, como forma de gratidão quanto a agremiação e as pessoas que acreditaram no nosso trabalho um ano antes.

Em 2019, a nossa missão era torcer pela agremiação, visto que, em função da oportunidade nos dada anteriormente, recebemos a oportunidade de assinar o carnaval em uma coirmã: Unidos da Ponte. Vale ressaltar que, a Unidos da Ponte abria os desfiles no Carnaval de 2019 e, com muito suor, esforço e dedicação de todos os envolvidos, a mesma atingiria a melhor colocação de uma escola que subia da Intendente Magalhães (10º Lugar) desde o novo formato de desfiles adotados pela LIERJ.

E em 2020 quando aparecia a oportunidade de voltar a esta agremiação e desenvolver o trabalho, dando continuidade nesta história… Infelizmente se encerra por aqui.

Nosso desejo é o mesmo objetivo nosso quanto profissionais: Que a agremiação atinja patamares jamais alcançados anteriormente e que consiga superar todos os obstáculos que venha a encontrar.

Obrigado por tudo.

Comentários




    gl