Beija-Flor 2022: samba concorrente de Sidney de Pilares e cia (nova versão)

Logo do enredo da Beija-Flor para o Carnaval 2021. Foto: Divulgação

Compositores: SIDNEY DE PILARES, RIBEIRINHO, DOMINGOS PS, CLAUDIO GLADIADOR, THIAGO SAVANNA E CLAUDIO MATTOS

PART. ESPECIAL: THIAGO MEINERS E MARQUINHO MINEIRO

BATUQUE DE JÊJE E NAGÔ
SOU QUILOMBOLA. DESCENDENTE DE ZUMBI
TENHO A GRANDEZA DE DAOMÉ
MEU SOBRENOME É RESISTIR
SE EU E VOCÊ…
O MESMO SANGUE E A MESMA DOR
MINHA DEUSA MOSTRA SEU VALOR
CORREM NAS VEIAS TANTOS IDEIAIS
QUEM DERA, IRMÃO…
A LIBERDADE FOSSE BEIJA-FLOR
E ECOASSE AO TOQUE DO TAMBOR
HERANÇA QUE VEM DOS MEUS ANCESTRAIS

SE A JUSTIÇA DE XANGÔ PUDER REINAR
OS SABERES DE NANÃ VÃO PERMITIR
QUE AS ÁGUAS DE OXUM LAVEM TODA INTOLERÂNCIA
SÓ OXALÁ PODE ENTENDER O QUE SOFRI

MORDAÇAS NÃO CALARAM PENSAMENTOS
É PRETA A POESIA DA FAVELA
MEU VERSO É ARMA QUE DESARMA A OPRESSÃO
E O SAMBA, MEU RETINTO SENTINELA
LEVANTE BRASIL!
CARREGA A ALMA DE ANGOLA E SOWETO
RESPEITO É O CLAMOR QUE VEM DO GUETO
CHEGA DESSA FALSA ABOLIÇÃO
SOU FILHO DE OGUM!
TUA ESPADA ILUMINA O MEU CAMINHAR
NO TERREIRO DE NEGUINHO E CABANA
EMPRETECER É REVOLUCIONAR

SALVE OBATALÁ, UMA LUZ ANUNCIOU
VENCER DEMANDA É O ORGULHO DA NOSSA COR
MEU CANTO É RAÇA, É VOZ QUE NÃO CALA
MEU LUGAR DE FALA, BEIJA-FLOR

Comentários

 




    gl