Beija-Flor 2022: samba concorrente de Ailson Picanço e cia (nova versão)

Logo do enredo da Beija-Flor para o Carnaval 2021. Foto: Divulgação

Compositores: Ailson Picanço, Guga Martins, Abílio Jr. Davison Jaime, Prof. Zé Ricardo, Clairton Fonseca

TALHA DE UM BAOBÁ
PENSAMENTO MILENAR, RESISTÊNCIA DA COR
OUÇA O QUE VOU CONTAR
À LUZ DO LUAR, AO SOM DO TAMBOR
COMO FAZIAM MEUS ANCESTRAIS
EM ANTIGOS RITUAIS JEJE-NAGÔ
LAMENTOS E DORES NO LIVRO DA ESCOLA
NOSSOS VALORES NÃO ENSINAM, PORQUÊ?
A TINTA PRETA QUE ESCREVE A HISTÓRIA
PAPEL EM BRANCO NÃO PODE ESCONDER

A MARÉ NÃO VAI LEVAR DO TEU COLO, YAÔ
ESPERANÇA IORUBÁ, SONHO DE UM BEIJA-FLOR
QUANDO A LUTA FOI SEMENTE ATABAQUE NÃO CALOU
O SUOR DA CORRENTE NESSA TERRA GERMINOU

(NA GIRA! NA GIRA!)
NA GIRA DO ORIXÁ
NUM VERSO À BEIRA- MAR…
IRMÃO TE PEÇO, AGÔ! ÔÔÔ
O VERBO NÃO FOI EM VÃO
O PALCO DA LIBERTAÇÃO REVELOU
PALMARES E O QUARITERÊ RESISTEM A CADA ESTAÇÃO
EMPRETECER É SABER QUE OS POETAS
PODEM TER A CARA DA NAÇÃO
CABANA! ONDE ABRIGUEI MEU SAMBA
NAS GUIAS DA BAIANA MEMÓRIAS DO GRIÔ
NA PELE AS MARCAS DO TEMPO
RAÇA, RAIZ, SENTIMENTO
LUGAR DE FALA QUE MEU POVO CONQUISTOU

FIRMA O CANGERÊ, TOCA O ADARRUM
FESTA NO AYÊ, ALMA NO ORUN
A BEIJA-FLOR É NOSSA VOZ
O SAMBA É PRETO
E SEMPRE LUTOU POR NÓS

Comentários

 




    gl