Assaltantes rendem mestre Paulinho e ateiam fogo em carro com ele dentro

Mestre Paulinho Botelho escapou de atentado nesta segunda-feira (9). Foto: Reprodução

Ex-mestre de bateria da Beija-Flor, Paulinho Botelho foi vítima de tentativa de homicídio na noite desta segunda-feira (9). Ele foi rendido e sequestrado por dois rapazes, que depois atearam fogo no carro do sambista com ele dentro. Paulinho conseguiu escapar e teve queimaduras na mão e no rosto.

Por volta das 23h30, o ex-mestre estava dirigindo em Pilares, Zona Norte do Rio, quando foi abordado por dois assaltantes de moto. Eles roubaram um relógio e R$ 200 do sambista.

Um dos rapazes entrou no carro de Paulinho e o sequestrou, levando o ex-mestre por um circuito que passou por Cascadura, Cavalcanti, Abolição, até chegar a Tomás Coelho. Na última parada, o assaltante saiu do carro e ateou fogo no veículo em que Paulinho estava.

Assim que os rapazes deixaram o local, o sambista tentou sair imediatamente do carro em chamas. Ele queimou as mãos e partes do rosto, mas conseguiu escapar do veículo são e salvo. Paulinho passou a madrugada no hospital e depois registrou o caso na 24ªDP, em Piedade.

Mestre Paulinho teve queimaduras nas mãos e no rosto. Foto: Reprodução

Comentários




    gl