Lierj também anula rebaixamento e Carnaval 2019 da Série A terá 13 agremiações

Desfile Acadêmicos do Sossego. Foto: Henrique Matos

Sossego, última colocada na apuração, permanece na Série A com a decisão da plenária. Foto: Henrique Matos

A expectativa dos últimos dias se confirmou: assim como ocorreu no Grupo Especial, não haverá rebaixamento na Série A do Carnaval 2018. A possibilidade já havia sido antecipada pelo SRzd e na noite desta quinta-feira (15) foi sacramentada durante plenária que envolveu a Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Lierj) e dirigentes das agremiações.

Com a decisão, a 13ª colocada na apuração da quarta-feira de cinzas, Acadêmicos do Sossego, última na ordem de classificação, se mantém no grupo de acesso e desfilará na Avenida Marquês de Sapucaí no ano que vem.

De acordo com a Lierj, o motivo da decisão foi a anulação do rebaixamento de Império Serrano e Grande Rio, escolas do Especial, e os problemas financeiros sofridos pelas agremiações da Série A.

“A decisão de manter a mesma quantidade de escolas do ano anterior foi baseada no fato de, pelo segundo ano consecutivo, não ter acontecido rebaixamento no Grupo Especial, influenciando diretamente na Série A, que contava, até 2017, com 14 participantes. O tema foi levantado por uma agremiação filiada durante a plenária desta quinta-feira (15) e aprovado pela maioria das associadas. Vale ressaltar que as agremiações tiveram que superar as adversidades para os desfiles de 2018, uma vez que a verba de incentivo cultural só chegou a cerca de 20 dias para o Carnaval”, afirmou a entidade através de nota oficial.

Farão parte da Série A no Carnaval 2019: Unidos de Padre Miguel, Porto da Pedra, Inocentes de Belford Roxo, Cubango, Estácio de Sá, Império da Tijuca, Alegria da Zona Sul, Renascer de Jacarepaguá, Santa Cruz, Rocinha, Unidos de Bangu, Sossego e Unidos da Ponte, campeã da Série B.

Comentários




    gl