Desfilando pelo Salgueiro, Marcella Alves comemora 22 anos como porta-bandeira do Grupo Especial

Desfile Salgueiro 2019. Foto: Leandro Milton/SRzd

Em seu 22º ano como porta-bandeira de escolas do Grupo Especial, e de volta ao Salgueiro, Marcella Alves esbanja beleza e talento na Avenida. Chegando à dispersão, a defensora do Pavilhão da vermelho e branco da Tijuca foi atenciosa e muito solícita a todos que falavam com ela.

Em entrevista ao SRzd, Marcella contou como foi cruzar a Sapucaí com a pista molhada devido ao tempo instável no Rio, onde a chuva cai durante diversos momentos da noite. Segundo ela, seus 22 anos de experiência em desfiles ajudaram a enfrentar esse tipo de dificuldade.

“Esse ano eu completei 22 anos de porta-bandeira no Grupo Especial; 22 anos não são 22 dias. Já peguei muita chuva, já peguei muita pista com óleo, então eu estava tranquila, bem calma.”

A porta-bandeira disse também que esse foi o ano mais tranquilo para ela na Avenida e está feliz por ter dado tudo certo em sua aparição.

“Por incrível que pareça, acho que esse foi o ano mais tranquilo da minha vida de desfile. Foi um ano que eu tive menos tempo de preparação e o ano que eu fiquei mais tranquila em atravessar essa Avenida. Eu tinha certeza absoluta que ia dar certo e deu.”

Comentários




    gl