Conheça o enredo e o samba da Unidos do Tijucano para a Edição Especial do Carnaval Virtual

O GRESV Unidos do Tijucano divulga seu enredo e samba que embalará sua participação na Edição Especial do Carnaval Virtual que acontecerá em fevereiro de 2021. A escola optou por um trabalho totalmente inédito e está preparando o enredo “Unidos dos Pixels”.

A escola informou que optou por participar da edição especial pois “vimos na edição especial a possibilidade de estimular a tradição da escola de experimentar inovações sem esbarrar no engessamento do manual de julgamento e regulamento.”

A construção do desfile seguirá em construção “experimental e agregadora. O intuito é cada vez mais convidar artistas para participar. Até o momento tivemos as participações do carnavalesco Nícolas Gonçalves, do enredista Cleiton Almeida, que também agregou no projeto artístico da logo do enredo, e do Leandro Thomaz, responsável pelo samba-enredo (da composição à gravação) e arte-finalização da logo.”

A escolha do enredo partiu das possibilidades e liberdades que a Edição Especial do Carnaval irá proporcionar, de acordo com a escola “tratando de uma edição especial do e para o Carnaval Virtual notamos o momento certo para abordar uma homenagem ao próprio. Ao articularmos a Tijucano para fazer a apresentação do carnaval da União das Escolas de Samba de Maquete recebemos a instrução que a presença da Corte era a única obrigação do desfile de abertura. Já visando um “enredo metalinguístico”, trouxemos a “Corte do samba virtual” para desenvolver o enredo “Unidos dos Pixels”. Devido ao curto prazo, o samba-enredo foi encomendado. A proposta é inédita. De qualquer forma, tratando-se de uma edição especial inclinada a reedições e termos o “enredo metalinguístico”, vamos adicionar materiais de outros desfiles, inclusive de outras plataformas, para construir o desfile.”

 

Confira o samba inédito que a escola preparou para embalar seu desfile:

 

Confira também o texto da sinopse:

UNIDOS DOS PIXELS

 

#[email protected]&ZM-$(:G.R.E.S.M.V.U.T.-E.E.-2021)//-{[(>>Iniciar- S1N0PS&”)]}:

Logo oficial do enredo

#=> ///Conexão Wi-Fi estabelecida ou dados móveis 4G devidamente ativados./// E, então, um simples dedo, como o seu e o meu, de carne, osso e geralmente unha, pode ser o responsável por fazer a mágica começar. É só apertar um botãozinho e… \\“Atenção, vem aí…!”\\. **toca a sirene**. {[[“uuuOoÔõõÔõnnn”]]}. Em um ambiente energizado, cercado por fios serpentinados e placas confetinosas, três pontos quadrados, reluzentes e distintos se aproximam. {{Um [] Vermelho [], como a calorosa paixão carnavalesca. Outro [] Azul [], de fria virtualidade. Por último, um esperançoso e visionário [] Verde [].}} Exibicionistas, todos os pontos abrem seus espectros para mostrar suas diferentes tonalidades. [Os movimentos simultâneos provocam choques sistêmicos, faíscas de elétrons para todos os lados. (Um espetáculo em RGB!)] O campo energético é tamanho que impulsiona os pontos a dançarem em círculos de milhões de possibilidades. >>Milhões de cores se formam na dança dos ::pontinhos:: luminosos<<. Nas conexões pontonescas, os [] quadradinhos [] se multiplicam com a proliferação cromática. ///São os mirabolantes pixels!/// De imagens abstratas começam a surgir outras resoluções. Mais e mais quadradinhos, em uma força coletiva, transformam suas ~~ondas eletromagnéticas~~ em figuras nítidas. <<<High Quality!>>> Com tudo tão visível, longos códigos programam comandos a serem +ativados+. Com simples toques, abrem-se janelas> páginas> pastas> guias. Arquivos sobem e descem, se deslocam pelo espaço como se as mãos fossem pincéis, lápis e canetas. \\\Há um ritmo eletrônico, digital e internético na diagramação dos gráficos\\\.

#=> Aliás, é impressionante o quão real é o virtual. {{O que seria mais real do que a eletrizante pane no sistema provocada pelo carnaval virtual?}} Uma verdadeira invasão avassaladora de worms que redefinem as configurações do que se pode considerar uma escola de samba. ///“As definições de sambavírus foram atualizadas!”/// Milhares de hardwares por todo o mundo recebem ao mesmo tempo imagens conectadas a cores e formas, construídas por operários [] pixelados [] que ganham potência alegórica e fantasiam corpos de redes eletrônicas. [Basta dar um (F5) e um novo arranjo ganha a tela].

#=> E o que falar do som? //Aaaah//, a síncope dos ~~“tec tecs”~~ dos teclados com os ~~“clic clics”~~ dos mouses dão uma nova harmonia ao | tradicional | samba de enredo. Ondas sonoras tornam-se tsunamis em ~~softwares~~ que invadem nossos circuitos, gerando curtos em toda a rede que estala a ressonância de {{chocalhos e tamborins}}. Basta um  play no #sambaware! Haja coolers e ventoinhas para dar conta do +superaquecimento+ da nossa //bateria//!

#=> E haja também processador para tantas conexões! [[ De um microuniverso desenvolvem-se canais de comunicação para a macrofolia ]]. De megabyte em megabyte, a hiper passarela sustentada pela placa-mãe alça seus talentos de muitos gigas às avenidas de pedra e concreto. \\\\Trata-se de uma realidade virtual ou de uma realidade aumentada?\\\\ Imagens {bidimensionais} ganham alturas exorbitantes, comprimentos comprimidos que explodem em compridas fitas de ~~tech-avenida~~ que de tanto tremular, ganham largura e saltam à tela para emaranhar o público e laçar os {pluridimensionais} apaixonados pelo samba. ////Será que existe um número máximo de {dimensões} que podemos acessar por meio de tantas tecnologias?/// Para nossa sorte, contamos com um potente disco rígido para armazenar todos os dados obtidos. Cada #curtida, cada #compartilhamento e cada #comentário estão registrados nessa máquina. Nem é preciso ter um [ real profile ]. O anonimato, aqui, é garantido! ~~IEPAAA~~! É só acessar o [ link ] e deixar a sua nota, /nove. >>Há sempre um backup para calcular a sociabilidade de nossas mídias <<.

#=> //Deu lag na página, mas nosso ~~vírus~~ já está quase instalado na sua telinha//. Com [99%] do processo concluído, chega a hora de repassar a chave para a descarga total de ~~tecziriguidum~~ ser upada para o {curto-circuito} que fará o sistema sambar. Enquanto isso, não deixem de se [inscrever] no canal, [curtir] a página, [seguir] e [dar] um like aí. >>PIN inserido com sucesso<<. (********). O Rei Momo fica em choque! Com a chave em mãos, notou que seu SSD se expandia. A fechadura a ser aberta era outra, mas para a alegria de seu reino, a entrada USB encaixou perfeitamente. ///A antena começa a subir, a rainha inicia o app, a princesa corre com o cabo e o príncipe habilidoso encaixa até de costas!/// <<Todos juntos nesta folia!>> O download chega a [100%]!! Explode o fone em som, os dedos sambam sobre o teclado, as pastas se abrem, os arquivos voam em nuvens, os sininhos se batem, os corações sobem, a tela hipnotiza. A corte da rede em pane anuncia: >> ”Olha a Unidos dos Pixels aí, gente!” <<

Comentários

 




    gl