Colorados do Samba aposta na irreverência em sua estreia no Carnaval Virtual

Estreando no Carnaval Virtual, o Bloco Virtual Carnavalesco Colorados do Samba promete um conceito diferente de escola de samba virtual tradicional, buscará trazer um trabalho mais próximo de um bloco carnavalesco, irreverente e divertido. Para o desfile deste ano, a agremiação apresentará o enredo “Fantasy Dance Rio – Entre vampiros e múmias qual será o melhor da noite?”.

FICHA TÉCNICA
Nome: Bloco Virtual Carnavalesco Colorados do Samba
Cidade sede: Salvador  BA
Data de fundação: 09/11/2015
Cores: Vermelho e Branco
Simbolo: Saci
Presidente: Mauricio Lanner de Freitas
Carnavalesco: Mauricio Vianna
Intérprete: Ariel Mendel

 

Fantasy Dance Rio – Entre Vampiros e Múmias qual será o melhor da noite?
Autor: Mauricio Vianna
E o Palácio Guanabara enfeitou-se de vermelho e branco para receber os mais ilustres convidados.
Era o Fantasy Dance Rio, o mais badalado baile a fantasia do Rio de Janeiro. Muitas eram as fantasias que de tão bem produzidas quase não se conseguia saber quem as usavam, mas era notório que os primeiros que chegaram a festa vestiam-se de laranjas. Era laranja de todos os tipos e para todos os gostos, tinha Lima, pêra, seleta e até haviam algumas da Bahia.
E logo foram chegando mais convidados, representando São Gonçalo, a terra dos índios tamoios, o senhor Nanci, que nem precisou se fantasiar, com o bafo de caninha já se sabia qual era o seu traje.  Ao o ver entrando na festa seu vizinho Neves que veio fantasiado de presidiário logo gritou!
– Porra Nanci veio de cachaceiro de novo! Já pode até pedir música no fantástico!
Aliás, fantasia de presidiário era o que não faltava, tinha o prefeito de Japeri, o de Belford Roxo e até um Garotinho. Quem não ficou muito contente foi sindicalista, que pensou que seria exclusividade dele tal fantasia.
Sem muitos alardes chegou em meio a festa aquele que parecia ser um prefeito conhecido, mas que gerou dúvida quanto a sua real identidade. Com uma fantasia digna de Oscar ele se apresentou ao público presente todo trabalhado nas ataduras e esparadrapos, superfaturados da Bisturi, não falava muito para não dar pistas de quem era e quando o perguntavam alguma coisa a múmia só respondia:
– Fala com a Márcia.
Tantos outros se fizeram presentes naquela festa que movimentou a cidade do Rio, entre Vampiro do Jaburu e Jaguatirica do Cerrado, Presidiário de Curitiba e Múmia do Rio ficava a pergunta.
Qual dos inúteis merecia o tão sonhado título de rainha da noite?
Aos compositores:
Nossa escola tem um conceito diferente das escolas virtuais tradicionais, nosso conceito é algo mais próximo de um bloco, por isso daremos preferencia a sambas marchado, estilo marchinha de carnaval, não deverá ser muito longo, não precisa seguir padrões, pode por exemplo repetir o refrão em estrofes diferentes. Usem termos chulos e brincalhões, queremos algo que divirta a todos.
Regras para os compositores:
Os compositores não terão limite de sambas enviados
Qualquer um que não faça parte da diretoria da escola poderá compor
Os sambas deverão ser entregue até dia 05 de Abril de 2019 no e-mail [email protected]
Os sambas serão avaliados por uma junta da escola e o resultado será divulgado dia 15 de maio de 2019
Os prazos poderão serem revistos.

Comentários

 




    gl