UESM na Mídia: Alterações no regulamento para 2019 e 2020

O desfile das escolas de samba de maquete se aproxima e com eles algumas duvidas, pois afinal de contas nesse período de preparação dos desfiles tivemos baixas significativas, como por exemplo a IMPERIO ESTAÇÃO PRIMEIRA DA ALEGRIA e a VILA RICA DE APARECIDA. E em virtude dessa possibilidade e de possíveis acontecimentos entre a entrega do desfile e a transmissão dos desfiles, a liga então organizou uma plenária com os seus coordenadores e pautados no regulamento e estatuto organizou os seus desfiles da seguinte forma:

1.As escolas do Grupo Especial e grupo de acesso A que não desfilarem, mas tiverem o interesse em permanecer na UESM, serão apenas rebaixadas ao grupo de acesso.

2. As escolas do grupo B que não desfilar estará automaticamente fora da liga, sendo obrigatório a essas escolas reapresentarem projetos para entrar no novo grupo de acesso em 2020.

3. Ficou decidido que, até as próximas eleições, assumirão como coordenadores de grupo Raphael Khaleb (Estrela Imperial – Grupo A) e Rômulo (Guerreiros da Liberdade – Grupo B)

4. Ficou aprovado o novo calendário referente ao grupo B (ultimo desfile do grupo) e será anexado ao fim da matéria

5. Ficou decidida a nova formação do Grupo Especial, onde estará presente 16 escolas e não mais 12 como previa o regulamento. O Grupo Especial terá a seguinte formação:

  • 06 Escolas do Grupo Especial (Que apresentarem os seus desfiles)
  • 08 Escolas do Grupo A (Que apresentarem os seus desfiles)
  • 02 Escolas do grupo B (Campeã e Vice campeã)

6. Ficou decidido que o Grupo de Acesso, onde terá a princípio 16 escolas, terá a seguinte formação:

  • Escolas rebaixadas do Grupo Especial e Grupo A (que não apresentarem os seus desfiles)
  • Escolas do Grupo B que ficarem a partir da 3ª posição em 2019 (se houver uma reclassificação serão avisadas).
  • Escolas novas.

7. Foi decidido que apenas as escolas novas apresentarão projeto, sendo que as que desfilarem no grupo B que ficarem em posições inferiores não terão a necessidade de refazer os projetos, apenas enviando o projeto para o livro abre alas próximo aos desfiles.

8. Caso surja vagas com desistências das co-irmãs do especial, as vagas serão preenchidas com escolas que formavam o extinto grupo B em 2019 de acordo com a sua classificação, podendo assim aumentar o numero de vagas para o grupo especial e diminuindo o número de escolas aptas ao grupo de Acesso.

9. No desfiles de 2020 para o carnaval de 2021, serão rebaixadas do grupo especial para o grupo de acesso 04 escolas (incluindo a que não desfilar pelo grupo especial) e subirão do grupo de acesso as quatro primeiras colocadas, podendo subir mais, caso haja desistência ou desfiles não apresentados por agremiações.

10. No acesso de 2020 para o carnaval de 2021, caso uma (ou mais) escola não desfile, ela será obrigada a apresentar novamente o projeto pára o carnaval de 2021

11. Caso a duvida persista deverá procurar o seu coordenador.

O objetivo da UESM, com essas reformas é, alem de tornar os campeonatos mais disputados e competitivos para quem participa além de ser mais atrativo para quem assiste.

Vale lembrar que as inscrições para os desfiles de 2019 ainda continuam abertos e se você quiser participar veja o nosso regulamento em www.uesm.com.br

Saiba mais sobre o Carnaval de Maquete da UESM

Página oficial

Facebook

Youtube

Instagram

*em colaboração voluntária ao SRZD

Comentários




    gl