Chatfolia: Tradições brasileiras são grandes apostas para as escolas de Maquete

*Por Alessandro Valentim

As Regiões do Nordeste e até a maior festa popular brasileira estão no foco dos carnavalescos,  e no 4º ano do Chat Folia, A União das Escolas de Samba de Maquete traz uma novidade. A  Coluna será comandada pelo Jornalista Alessandro Valentim. Vamos ver como ele conduziu essas entrevistas animadissimas na nossa sede? Os nossos convidados são Kleber Neves, da Acadêmicos do Litoral e Everton Santana, da Carcará do Samba. Vamos Conferir?

Acadêmicos do Litoral

A escola surgiu logo após o carnaval de 2015 quando o presidente, Kleber Neves quis ver seu vídeo aparecendo na transmissão do desfile da Viradouro. Foi aí que ele percebeu que sua vontade era mais do que um momento, era fazer parte da festa. E para completar cinco anos com a vitória, a agremiação escolheu a agricultura do Nordeste como enredo. Dividido em três partes, a seca do sertão, a agricultura do Nordeste e a festa da colheita (Festa Junina), o enredo terá como samba um dos mais queridos da última década, Vila Isabel 2013. Ainda sobre o enredo, a escola aposta na fé do povo sertanejo até a agricultura. Neste setor, a agremiação irá concentrar a maioria de suas alas e alegorias para abordar as plantações.

Kleber e a sua esposa Vania: Os carnavalescos da Acadêmicos do Litoral

UESM: Quais materiais estão sendo utilizados para a criação do desfile?
Kleber: Pérola, linhão, papel, algodão, tinta, talco, e outros que estamos usando para driblar a falta de materiais com o comércio fechado, nossa maior dificuldade.
UESM: Com a pandemia, qual a solução encontrada para continuar?
Kleber: Estamos procurando materiais alternativos ,mas o resultado às vezes não é o desejável, então desmanchamos e vamos esperar o comércio abrir para executar a ideia.

E no quesito valorização da liga, o presidente também deu sua opinião. ‘’Olha, acho bacana as reportagens no SRZD. Muita pessoas comentam nos desfiles, no YouTube, no próprio site do SRZD e isso é bem bacana. Acredito que a Uesm está no caminho certo e logo logo o nosso carnaval vai ser uma grande sensação.’’ – Kleber.

Carcará do Samba

Escola de nome forte, a Carcará do Samba nasceu em 2016 pelas mãos do seu presidente, Everton Santana, que veio do carnaval de desenhos para fazer seu sonho de carnaval ainda mais completo. Para este ano a agremiação prepara os antigos carnavais, marchinhas e bailes. Mangueira 2018 foi o samba escolhido para defender o tema que na visão de Everton será de fácil leitura e está sendo maravilhoso prepará-lo.

Everton é o Carnavalesco da Carcará do Samba

UESM: Quais materiais estão sendo utilizados para a criação do desfile?
Everton: Estamos trabalho muito com E.V.A, rendas, pedras entre outros materiais.
UESM: Quais a maior dificuldade?
Everton: No momento está sendo mais em achar materiais para venda, mas estou conseguindo me virar com o que tenho. Com a Pandemia, a Carcará está adotando uma plástica diferente dos anos anteriores, materiais mais viáveis. Sei que vai chegar um momento que não teremos disponível no barracão. Espero que tudo isso passe.

Everton também falou sobre a valorização do carnaval de maquete. ‘’Hoje vejo bem mais valorizado do que antes , encontramos espaço na mídia digital, seria legal algum patrocínio de empresas , nem todas as escolas tem como conseguir materiais.’’- Everton.

Para quem deseja entrar na competição os presidentes deixaram seus recados. ‘’Olha, recomendo que leia e releia o regulamento. Muitos cometem erros de regulamento, inclusive eu já cometi e não é legal. E depois é só se jogar de cabeça, deixar as ideias fluírem e fazer um lindo desfile. Quero deixar registrado aqui, boa sorte a todos e que todos tenham um ótimo desfile.’’ Disse Kléber, presidente da Acadêmicos do Litoral.
‘’Vocês estão perdendo o melhor carnaval em maquetes. Temos a competição, mas em primeiro lugar a amizade. Aqui temos uma família, onde um ajuda outro como pode. É um desafio transformar tudo em miniatura, mas no final vale muito a pena.’’- Everton, presidente da Carcará do Samba.

E para acompanhar os nossos desfiles, basta acessar o Facebook  e acompanhar com a gente. E semana que vem temos mais uma coluna Chatfolia. Até lá.

Maiores informações acesse as nossas redes sociais:

Saiba mais sobre o Carnaval de Maquete da UESM

Página oficial
Facebook
Youtube
Instagram
*em colaboração voluntária ao SRZD

Comentários




    gl