ChatFolia: São Benedito de Belém e as festividades da Arco Íris.

Para fazer do seu carnaval de 2019 ainda mais belo do que o de 2018, a Arco Íris, escola de Belém – PA, apresenta o trabalho que levará para o desfile de Carnaval de  Maquete desse ano pela União das Escolas de Samba de Maquete. A frente da agremiação como presidente e carnavalesco, entra o talentoso Eduardo Wagner, que, numa entrevista animada nos conta mais detalhes do seu desfile.

Como você define a escola e o momento que ela está passando?
A Arco Íris é como todas as demais integrantes da Uesm, é tanto um trabalho artístico quanto um passa-tempo (um grande passa-tempo). Este será o terceiro desfile, por isso o processo de criação e execução está em sua terceira experimentação. Hoje estou em momento mais prático quanto a esses processos de execução, principalmente, que agora são bem mais rápidos, pois toda a confecção, filmagem e edição de vídeo são feitas apenas por mim. E é preciso muita organização e disciplina de minha parte para tudo dar certo em tempo.

Qual o enredo da escola para 2019 e como pretende desenvolver esse desfile?
O enredo é uma leitura carnavalizada das duas festividades dedicadas a São Benedito que acontecem aqui em Belém, no bairro do Jurunas, que são meu objeto de pesquisa no doutorado em Artes. O desfile pretende contar não a história das festas, mas a visão que me foi dada por seus participantes durante os anos de pesquisa, a respeito da relação com o Santo por meio da festa.

Escreva um resumo do seu enredo: O enredo da Arco Íris, O Auto do Santo Preto e a Bênção das Três Fomes, apresenta uma narrativa que mistura a biogragia do Santo com a história de sua devoção no bairro do Jurunas, a partir das vozes dos participantes das festas. São Benedito se torna um personagem que abençoa o Jurunas com sua bênção para matar as três fomes que atormentam seus devotos – a do corpo, a do espírito e a da alma. Por fim, com o povo tendo suas fomes saciadas, São Benedito resolve descer dos céus uma vez por ano para comemorar com seus filhos, então nascem as festas.

O que podemos esperar desse desfile?
Acredito que um desfile mais refinado que os anteriores. Procurei fazer tudo com mais esmero por conta de o desfile ser parte de minha tese de doutorado. O vídeo, o material físico e o textual são parte de todo o trabalho.

Mas considera algum ponto forte do teu trabalho?
Tipo de material mais recorrente usado na escola ?
Os pontos fortes são as alegorias em todo seu conjunto, pois foram executadas com muito cuidado. Não possuem nada diferente do que já foi visto antes, mas penso que o requinte dá o tom diferenciado. Quanto ao material, há uma diversidade grande… Tecidos, papeis, plásticos. Mas nada extremamente inovador.

E qual sua parte preferida deste enredo. Alguma alegoria ou ala que goste em especial?
Gosto do enredo como um todo, ele todo é preferido (risos). A ala xodó é a das baianas, sem dúvida. Foi a primeira a ficar pronta, lá pelo mês de julho do ano passado. Alegoria… sou apaixonado por todas, mas a última tem um lugar maior no coração.

Algum recado para nossos leitores?
Assistam o desfile, comentem, compartilhem… (risos). E olhem sabendo que é parte de um trabalho de pesquisa que já leva aí uns 10 anos. E também é fruto de muito afeto, pelas festas, pelas pessoas que conheci, por São Benedito e, claro, pelo Carnaval.

A Arco Íris não revelou qual samba levará para a avenida no dia 07 de julho. E não esqueça, os desfiles do Grupo Especial e A do Carnaval de Maquete acontecem nos dias 06 e 07 de julho a partir das 14h30. Você pode acompanhar todos os detalhes dos desfiles pelo site oficial (www.uesm.com.br) onde as agremiações se apresentarão em forma de vídeo e contarão com narração ao vivo.

Saiba mais sobre o Carnaval de Maquete da UESM

Página oficial

Facebook

Youtube

Instagram

*em colaboração voluntária ao SRZD06

Comentários




    gl