CHATFOLIA: Glória, Queda e Redenção do Império de Nanã Buruquê

Do bairro do Amparo em Olinda, para o nosso chat folia vem a Unidos da Pauliceia. Em sua segunda participação na UESM ( União das Escolas de Samba de Maquete) promete uma aula de história com muita religiosidade e axé. Leonardo Galvão nos recebeu e tirou as dúvidas sobre o Galo preto e branco. Confira abaixo o que ele disse sobre o desfile de 2019:

UESM:De onde surgiu o nome da escola, escolha do símbolo e das cores?

LEONARDO: A Unidos da Pauliceia foi fundada por Leonardo Alegria, em 30 de março de 1993. Escolheu o galo como símbolo e as cores preta e branca em homenagem ao seu time de coração o Atlético Mineiro. Nasceu de um mineiro no bairro de Água Rasa em São Paulo. O nome Pauliceia vem desta naturalidade. Agora ela é Pernambucana, com sede virtual no bairro do Amparo em Olinda.

UESM: O que o trouxe para a UESM?

LEONARDO:Desde 2000 estou dentro do projeto de escolas de Samba de papel. E em 2017, observei a liga UESM e devido ao convite da minha liga regional , a GRESA, fui convidado a participar. Mandei o projeto, fui aprovado e estamos indo para o nosso segundo ano na liga Nacional.

UESM:Sempre trazendo algum ponto na História, a Paulicéia vem de que forma com essa homenagem a Nanã Buruquê?

LEONARDO: O Enredo é uma reedição do desfile apresentado em 1995. Criação de meu Xará, em homenagem a Nanã Buruquê. Utilizaremos o samba daquele ano e traremos um enredo histórico-religioso. Nanã servirá como pano de fundo para mostrar a glória e queda do Império de Daomé. Sua expulsão do Paraíso para o mundo subterrâneo, sendo representada pelo sofrimento de seu povo que escravizado para nos tumbeiros e no Brasil se reerguem da lama. Viram os Agudas e voltam como Leões à costa africana, surgindo assim o Benin.

UESM: Qual a maior dificuldade que está enfrentando para fazer este trabalho?

LEONARDO: Tempo sempre é o problema. É difícil encontrar um dia para dedicação total. O meu trabalho me cansa e a disposição pra construir o que se sonha diminui. Fiquei feliz com a mudança na data do desfile. Espero conseguir cumprir o calendário. Mas apesar de tudo, a Paulicéia vai plena a avenida homenageando a mãe de nosso protetor.

UESM: Qual seria o grande momento ou surpresa que podemos esperar do desfile? Existe algum material diferente utilizado?

LEONARDO: Não terá material diferente. Gostamos do trabalho da Império na liga e utilizaremos muito o Eva. Acredito que o abre-alas trazendo o Castelo de Nanã será a minha melhor alegoria. Diminuirei as proporções, devido às críticas recebidas no ano passado. O chão estará mais alto com muito material de uso cotidiano. Amo trabalhar no papel. Disso não abro mão.

Esta história poderemos observar no desfile do Galo do Amparo.O samba utilizado será autoral de composição de Cláudio Sampaio Assunção ainda sem intérprete definido.

A Unidos da Pauliceia encerrará o desfile das escolas de samba de maquete do Grupo B no domingo, dia 13 de outubro de 2019

E para saber mais, acesse: www.uesm.com.br

Saiba mais sobre o Carnaval de Maquete da UESM

Página oficial

Facebook

Youtube

Instagram

Comentários




    gl