Carnaval de Maquete: Saiba o que rolou no primeiro dia de desfile do Grupo B

*Por Lucas Almeida

Na tarde deste sábado aconteceu o primeiro dia de desfiles do Carnaval de Maquete do Grupo B. Reveja a transmissão que aconteceu ao vivo pelo facebook.

https://facebook.com/story.php?story_fbid=913063585571393&id=100006032799220

E amanhã as 14h30 tem mais oito agremiações.  Acompanhe pelo site oficial www.uesm.com.br

 

A primeira escola a entrar na avenida foi a Beija Flor de Campinas, do Presidente Pedro Yvo, a escola do interior de São Paulo trouxe o enredo ”Mãe do céu Morena”, contando as histórias das aparições, milagres e mistérios de Nossa Senhora de Guadalupe.

Segunda escola a desfilar, Império, da cidade de Santo Antônio de Jesus (BA) trouxe para seu desfile em 2018 o enredo ”Semeando sorriso. Império festeja o solo sagrado” que contou desde a criação do mundo utilizando a crença Iorubá Nagô até os festejos em oração ao solo sagrado.

A terceira agremiação a desfilar veio da baixada fluminense, a Imperatriz da Alegria, que levou a fé para a avenida com o enredo ”Adoração, um ensino de fé e devoção, um grito de liberdade a todas as religiões”, e teve como objetivo mostrar que é possível conviver em paz, independentemente de credo ou religião, respeitando ideais e diferenças, afinal somos todos irmãos.

Vindo das serras do interior de São Paulo, a quarta escola a desfilar, Eldorado do Japy nos mostrou o jogo na vida e a vida como um jogo com o enredo “A vida é um jogo” do carnavalesco e presidente Diogo Augusto da Silva que retratou o jogo como prática lúdica e de vida desde os jogos dos casinos até o jogo da vida.

Uma das veteranas do grupo de Acesso B, a Acadêmicos do Sabiá, a escola de Sobral (CE), do presidente Moisés Queiroz que divide o trabalho de barracão com o carnavalesco Fabrício Oliveira contou a história do time de futebol Grêmio Futebol Porto Alegrense, e foi a quinta a desfilar.

A sexta escola na avenida foi a Bafo do Tatu, fundada há 25 anos na cidade de Recife (PE), a escola reeditou um enredo de autoria própria do carnavalesco, escritor, compositor e atual presidente Claudio Sampaio intitulado ”Espelhos”.

Com muita poesia e história, a Unidos da Pauliceia do presidente Léo Cristiano Galvão foi a sétima a desfilar, com o enredo ”A Veneza brasileira sob os olhos azuis de um cão sem plumas”, que trouxe a visão poética da Veneza Brasileira e um alerta sobre a preservação dos Rios em um enredo rico em metáforas.

A oitava e última escola do primeiro dia foi a Império Trirriense, vinda do interior do Rio de Janeiro da cidade de Três Rios, a azul e branca do presidente Lucas Almeida que contou a história dos perfumes com o enredo ”Uma viagem imperial as essências do mundo”, que levou o público a uma viagem desde o antigo Egito até as matas perfumadas da Amazônia.

Saiba mais sobre o Carnaval de Maquete da UESM

Página oficial

Facebook

Youtube

Instagram

*em colaboração voluntária ao SRZD

Comentários




mais notícias

    gl