TSE abre etapa de testes nas urnas e aguarda resultado de planos de ataque ao sistema

Urna eletrônica. Foto: José Cruz – Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral abriu a etapa de inspeção dos códigos-fonte das urnas eletrônicas para as eleições gerais no Brasil de 2022.

Essa fase vai durar duas semanas e faz parte dos preparativos para o Teste Público de Segurança do Sistema Eletrônico de Votação, marcado para novembro.

Serão 39 especialistas, chamados de investigadores, que se inscreveram para atuar na inspeção dos códigos-fonte. Entre as atividades deles está a elaboração de um plano de ataque às urnas eletrônicas.

Esse teste de ofensiva deve ser enviado ao TSE até 25 de outubro. No próximo mês, os mesmos investigadores retornam na Justiça Eleitoral para executar o plano e tentar encontrar nas urnas alguma vulnerabilidade.

De acordo com José de Melo Cruz, coordenador de sistemas eleitorais do TSE, essa etapa servirá para mostrar os pontos de melhoria e aperfeiçoamento do processo, em vigor no país desde 1996. O TSE afirma que os testes garantem para a sociedade a legitimidade das urnas e a eficiência do sistema eleitoral brasileiro. Eles acontecem no cenário de acusação do atual presidente da República e seus aliados ao mecanismo adotado pelo Brasil há décadas.

+ ‘Não aceitarei ser ameaçado, intimidado, perseguido ou chantageado’, avisa Alcolumbre

+ Brasil chega aos 601.574 mortos por Covid-19

+ Após Ciro acusar Lula de golpe, Dilma rompe com pededista e o compara com Bolsonaro

+ Com saída de Crespo, São Paulo soma 18 técnicos em 5 anos

+ Parou: jogadores do Cruzeiro anunciam greve

+ Dólar cai e fica em R$ 5,509; veja a cotação de 13 de outubro

+ Jovem de 19 anos morre enquanto ia para um sepultamento de familiar no RS

+ Vídeo: vocalista da banda Twister, Sander conta que teve de transar com empresário

+ Vaza vídeo de Gabigol tomando banho após treino da Seleção Brasileira

+ Em entrevista, vídeo de 2016 mostra ‘previsões’ de Dilma e consequências do impeachment

+ Curtinhas: Freixo divulga vídeo para rebater versão de Bolsonaro sobre ICMS

+ Curtinhas: Xuxa pede que apoiadores das práticas de Bolsonaro parem de falar com ela

+ Clima: confira a previsão do tempo para esta quinta-feira (14)

+ Noite de formação de roça não turbina audiência de A Fazenda; veja os números de 12 de outubro

Comentários

 




    gl