Categories: BrasilRio de JaneiroSão Paulo

Suspeito por ofensas racistas, vereador de São Paulo é preso em piscina de condomínio no Rio

O vereador Renato Oliveira, presidente da Câmara Municipal de Embu das Artes, cidade do interior de São Paulo, foi preso em um condomínio de Curicica, na Zona Oeste do Rio. Ele foi acusado de ofender um funcionário do local com xingamentos racistas.

Segundo relatos de testemunhas, o político do MDB estava na piscina quando foi advertido sobre o uso de caixas de um equipamento de som dentro do condomínio. Renato teria então começado uma discussão com o funcionário, passando a ofendê-lo com palavrões e termos de cunho racial.

A Polícia Militar foi acionada. Dizendo não ter cometido crime, o vereador negou sair da piscina e resistiu à prisão. Os policiais foram obrigados a entrar na piscina para detê-lo, como é possível ver neste vídeo, compartilhado no canal “RJ em Guerra”.  Os moradores aplaudem a ação da polícia. Assista:

Outro lado

Após ser levado para a delegacia de Taquara, onde foi denunciado por injúria racial e desacato, Renato Oliveira se defendeu dizendo que não ofendeu o funcionário. Ele afirmou que iria processá-lo por denunciação caluniosa.

“Pela manhã, cheguei na piscina e estava conversando com alguns senhores que estavam lá, inclusive brinquei com um. Tava com uma caixinha de som, um deles botou até uma música, e depois informaram que não podia som. Eu desliguei e falei que não sairia da piscina. A polícia veio, eu me desculpei com os outros moradores pelo o acontecido, com a orientação dos policiais de que eu poderia permanecer, eu fiquei lá tranquilo na piscina. Quando novamente eles chamam a Polícia Militar, volta e o cabo Henrique pediu para que eu saísse. Mas não tinha crime nenhum. Um dos funcionários do condomínio, que eu sequer tinha falado com ele, fato confirmado na delegacia por três testemunhas, me acusou de injúria racial, que não tem nada a ver comigo, nada a ver com minha forma de tratar e o denunciei por denunciação caluniosa e a funcionária que foi com ele por falso testemunho”, disse o vereador em comunicado publicado no G1.

Leia também:

+ Bolsonaro sanciona orçamento e mantém fundo eleitoral de R$ 4,9 bilhões

+ Atriz Theresa Amayo morre aos 88 anos no Rio

Redação SRzd

Recent Posts

  • Famosos

Youtuber é expulsa de carro por app ao solicitar que vidro do carro fosse fechado

A influenciadora digital Camila Loures passou por uma situação um tanto indelicada nesta quarta-feira (18) em São Paulo. O motorista…

7 horas ago
  • Televisão

Faustão representa 55% do faturamento da Band

Mesmo com a audiência longe dos tempos da Rede Globo, Fausto Silva segue um dos apresentadores mais prestigiados pelo mercado…

7 horas ago
  • Carnaval/RJ

Exu da Grande Rio, Damerson D’Alvaro assina com a Rede Globo

Após interpretar Exu no desfile campeão da Acadêmicos do Grande Rio e se tornar um dos grandes destaques do Carnaval…

8 horas ago
  • São Paulo

SP: Lula se casa pela terceira vez; agora com a socióloga Janja

O ex-presidente e pré-candidato do PT à presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e Rosângela Silva, a Janja,…

8 horas ago
  • Famosos

Vizinha de Jade Picon expõe hábitos da ex-BBB e é criticada na web

Uma vizinha de Jade Picon viralizou nas redes sociais nesta quarta-feira (18) por revelar detalhes do convívio com a ex-BBB. Kim…

9 horas ago
  • Carnaval/RJ

Balanço 2022: Mais de 229 mil pessoas passaram pela Sapucaí; veja os detalhes

A frequência de público no sambódromo durante os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do Rio este ano…

9 horas ago