Seis a cada dez veículos furtados ou roubados em São Paulo não são recuperados

Carros. Fonte: Reprodução/Agência Brasil

Carros. Fonte: Reprodução/Agência Brasil

Um levantamento exclusivo revela que 62% dos veículos roubados ou furtados na cidade de São Paulo no ano passado não foram recuperados. O índice, elaborado pela “Rádio Bandeirantes” representa mais de 36 mil veículos de um total de 58,5 mil levados por ladrões.

Feito com base em informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP) e do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), os dados mostram que, apesar do número de furtos e roubos estar diminuindo ano a ano, a recuperação não vem acompanhado a tendência.

Responsável pelas investigações sobre esse tipo de ocorrência, o delegado Alberto Pereira atribui a diferença ao comércio ilegal de peças. “Quando você compra uma peça (roubada ou furtada) também tá praticando um crime. Quando você deixa de comprar está inibindo uma prática de crime.”

Em 2014, o Estado de São Paulo criou a Lei dos Desmanches, com o intuito de combater esse comércio ilegal. Na capital paulista, entre 2016 e 2019, a operação “Desmonte”, realizada pelo Deic, vistoriou quase 2,1 mil estabelecimentos, fechando 158 que estavam em situação irregular.

Comentários




    gl