São Paulo atinge maior número de leitos de UTI desde o início da pandemia

UTI. Foto: Reprodução

O estado de São Paulo atingiu, nesta semana, o nível mais preocupante de ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva desde o início da pandemia.

De acordo com o secretário estadual de saúde, Jean Gorinchteyn, até as 10h30 da manhã desta segunda-feira (22) o estado contava 6.288 pacientes graves internados.

Em julho de 2020, momento mais crítico até então, 6.257 pessoas foram internadas. O número de internações corresponde à ocupação de 67,8% dos leitos no estado e 67,7% na grande São Paulo. Além dos pacientes em UTI, 7.196 pessoas recebem tratamento da Covid-19 em enfermarias.

Ao todo, 1.978.477 casos já foram confirmados em São Paulo. 57.842 óbitos pela doença foram confirmados. De acordo com o boletim, houve ainda um aumento de 5,6% no número de internações entre esta semana e a anterior. O estado também registrou queda de 9,5% no número de casos e 5,5% de óbitos.











 

Comentários

 




    gl