Perito confirma que jogador do Corinthians chamou atleta do Inter de ‘macaco’

Edenílson e Ramos. Foto: Reprodução da TV

Edenílson e Ramos. Foto: Reprodução da TV

O perito judicial Roberto Meza Niella, especialista em leitura labial, confirmou, nesta segunda-feira (16), que o lateral Rafael Ramos, do Corinthians, chamou Edenílson, meio-campista do Internacional, de macaco.

A suposta injúria racial aconteceu durante o empate em 2 a 2 entre as duas equipes, no último sábado, no Beira-Rio, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro.

“Eles estão de frente para a câmera e é possível ler o posicionamento dos lábios do Ramos. Podemos identificar de forma tênue a frase que todo mundo está dizendo, que é a palavra ‘macaco’. E vem na sequência um palavrão que não fica muito claro na definição dos lábios dele. Temos que tomar esse cuidado, mas me parece que é ‘do caralho’. A frase completa seria macaco do caralho”, afirmou Niella em entrevista ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha Zero Hora.

A análise oficial sobre o caso envolvendo Rafael Ramos e Edenílson só virá por meio do trabalho do Instituto Geral de Perícias. Não há prazo para a conclusão da análise.

Ramos chegou a ser preso logo após o jogo, mas foi liberado mediante pagamento de fiança feito pela diretoria do clube paulista. Ele nega que tenha usado o termo.

Leia também:

+ Idade mínima e ficha limpa: saiba quem pode ser candidato no Brasil

+ Eleições 2022: pré-candidatos já podem iniciar vaquinha virtual

Comentários

 




    gl