Indústria de Americana tem maior número de demissões desde 2015

A indústria de Americana , no interior de São Paulo, apresentou os piores índices de emprego de janeiro a setembro em três anos, de acordo com dados do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo.

O balanço apontou que, durante os nove meses deste ano, a regional do município fechou 1,8 mil postos de trabalho, número mais alto desde 2015, quando foram demitidas 2 mil pessoas.

Ainda segundo o órgão estadual, no acumulado dos últimos 12 meses, Americana registrou fechamento de 3,6 mil vagas, o que equivale a uma variação negativa de 9,96%. O balanço de setembro também foi negativo, com fechamento de 150 postos de trabalho.

Comentários




    gl