São Paulo anuncia fim da obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre

Máscara. Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

O Governo do Estado de São Paulo retirou a obrigatoriedade do uso de máscaras a partir do próximo dia 11 de dezembro, após chegar a 75% da população totalmente imunizada contra a Covid-19.

A medida foi anunciada pelo governador João Doria, em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (24), no Palácio dos Bandeirantes. Segundo o governo paulista, a previsão é que até 30 de novembro o estado chegue ao patamar de 85% da população vacinada.

Após o anúncio da medida, o secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, fez um apelo para que toda a população continue se imunizando e conclua o esquema vacinal contra o novo Coronavírus. “É dessa maneira que garantiremos que o número de casos, internações e óbitos continuará a cair”.

De acordo com o Vacinômetro, até o momento, 76.618.949 de doses foram aplicaram em todo o estado de São Paulo, sendo 37.930.239 de primeira dose, 33.324.993 de segunda dose e 1.173.498 de dose única. Outras 4.190.219 doses de reforço foram recebidas.

O governo do estado do Rio de Janeiro foi o primeiro a autorizar os municípios a acabar com a obrigação de uso de máscaras em locais abertos, desde que não tenha aglomerações. A medida entrou em vigor no dia 28 de outubro. O uso já deixou de ser obrigatório também nas ruas do Distrito Federal.

Comentários

 




    gl