Presidente do PSL diz que atos para apoiar Bolsonaro são ‘sem sentido’

Grupo de apoiadores ao presidente Jair Bolsonaro. Foto: Tânia Regô/Agência Brasil

Grupo de apoiadores ao presidente Jair Bolsonaro. Foto: Tânia Regô/Agência Brasil

O presidente nacional do PSL, deputado Luciano Bivar, afirmou não ver “sentido” nas manifestações populares agendadas para ocorrer no próximo domingo (26) em apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Ainda assim, o político acrescentou que a iniciativa é “válida” e disse que irá se reunir com os demais deputados e senadores do PSL para discutir a postura do partido em relação aos atos.

O deputado expressou preocupação com os rumos que as manifestações podem tomar, apontando a possibilidade de que a pauta dos protestos venham a fragilizar ainda mais a relação do governo com o Congresso.

“Pode haver algumas extrapolações. Nessas manifestações, existem pessoas infiltradas com cartazes fora do propósito que não representam a coisa”, disse Luciano Bivar, conforme reportou o jornal “Folha de S.Paulo”.

O inquietamento do presidente do partido de Bolsonaro recai principalmente em relação a ataques ao chamado Centrão, grupo político que agrega partidos como o MDB, o PP, o PR, o PSD e o DEM, do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Esses partidos são hoje a principal chave para o sucesso ou fracasso do governo em votações de interesse no Congresso.

Comentários




    gl