Vice-presidente Mourão defende general Pazuello: ‘Desonesto não’

Hamilton Mourão. Foto: Reprodução de TV

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), minimizou o impacto dos depoimentos prestados na última sexta-feira (25), pelo deputado Federal Luis Miranda (DEM-DF), e o seu irmão, servidor do Ministério da Saúde, Luis Ricardo Miranda, na CPI da Covid-19 no Senado Federal.

Ouvidos como testemunhas, os irmãos Miranda afirmaram que alertaram ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre um suposto esquema de corrupção na aquisição da vacina indiana Covaxin.

Neste sábado, Mourão não comentou detalhes da acusação, mas defendeu o ex-ministro da Saúde, o general Eduardo Pazuello, citado pelo deputado Miranda por ter sido informado do que estava, supostamente, acontecendo em sua pasta. Segundo o vice-presidente, Pazuello não estaria envolvido em qualquer ilícito.

“Podem dizer o que quiserem do Pazuello, mas desonesto ele não é. Isso eu posso garantir. Vamos aguardar, mas uma coisa eu posso dizer: não dá para comprar um carro usado desse Luis Miranda, embora denúncia não sai do convento. Não estou convencido de que esse episódio todo vá prejudicar o presidente”,  disse ao jornal O Globo.

+ Vídeo: Bolsonaro chega de cavalo para ‘motociata’ em SC

+ Zambelli apaga posts sobre Covaxin: ‘Eu havia publicado a compra’

+ Tragédia e premonição: mulher mandou mensagem sobre acidente antes de morrer em SP

+ Filho de Simone, da dupla com Simaria, invade live e diz: ‘Vou denunciar o Bolsonaro’; assista

+ Ipec: Bolsonaro é o mais rejeitado pelos eleitores

+ RO: jornalista Adão Gomes morre aos 45 anos

+ Lula: ‘Passei 8 anos trabalhando para vir moleque me chamar de ladrão?’

+ Ex-ministro Salles entrega passaporte

+ Presidentes de 11 partidos fecham posição em favor do atual sistema de votação

+ Morre José Paulo Bisol, vice de Lula em 1989

+ Viúva de MK Kevin diz que morte está mal esclarecida

+ Tasso cita impeachment mas prefere mudança através do voto

+ Em SC, Bolsonaro é apresentado como ‘homem que Deus ungiu’; assista

+ Secretário de Saúde do Reino Unido pede demissão por violar distanciamento social

+ Esposa de Barros, citado por Miranda, foi nomeada por Bolsonaro em maio

+ Paola Carosella emociona ao receber vacina; assista

Comentários

 




    gl