Dirceu diz que PT deve esquecer Ciro e acredita em responsabilização de Bolsonaro

José Dirceu. Foto: Reprodução

O ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu (PT), afirmou, na noite desta quinta-feira (6), que o Partido dos Trabalhadores não vai responder as constantes críticas do ex-governador do Ceará e possível candidato ao Palácio do Planalto em 2022, Ciro Gomes (PDT), contra os governos do partido.

A declaração foi dada durante uma conversa dentro da sala Política & Patuscada, no Twitter Spaces, novo recurso de áudio criado pelo microblog:

“Ciro tem legitimidade e todo o direito de ser candidato, mas quer ser um candidato com discurso anti-PT e anti-Lula. Nós não vamos contrapor, não vamos responder. Nosso problema é o Bolsonaro. É provável que o Ciro se viabilize para ir ao segundo turno, mas qual partido seguirá com o PDT? Até agora, pelo menos, nenhum”.

Sobre a CPI da Covid-19, em curso no Senado Federal, Dirceu acredita que o colegiado deve confirmar uma possível responsabilidade do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelo atual cenário brasileiro de crise sanitária e ajudar a inflamar as vozes dentro do Congresso Nacional em defesa do afastamento do atual presidente:

“Como tem eleição em outubro, muitas forças políticas defendem que isso pode inviabilizar o impeachment. Mas será que o país consegue conviver com Bolsonaro até dezembro de 2022? Essa é uma questão que os deputados, os senadores e a população precisam refletir”.

+ Sidney Rezende: Embaixador chinês deve ficar enlouquecido com crises do Brasil

+ Mãe que foi para festa e deixou gêmeos sozinhos tem prisão decretada; um dos bebês morreu

+ Barroso diz que PEC do voto impresso vai gerar o caos

+ Vigorou! Viviane Araújo vai convidar Gil do BBB para o Salgueiro

+ Em biografia, Sérgio Mamberti fala da perda da mulher e do companheiro

+ WhatsApp libera transferências de dinheiro; saiba como funciona

Comentários

 




    gl