Câmara aprova projeto que permite união de partidos políticos

Eleições. Foto: Nelson Jr./TSE

Eleições. Foto: Nelson Jr. – TSE

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quinta-feira (12), por 304 votos a 119, projeto que permite duas ou mais legendas se unirem em uma federação partidária.

Com isso, elas poderiam atuar de maneira uniforme em todo o país. O texto já tem aprovação do Senado Federal e segue agora para a sanção do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido).

A regra deve ajudar partidos menores para alcançar a chamada cláusula de barreira, criada para extinguir legendas que não tenham um desempenho mínimo nas eleições.

+ veja mais detalhes da regra:

a federação estará submetida às mesmas regras que regem o funcionamento parlamentar e a fidelidade partidária;
os partidos terão a identidade e a autonomia preservados;
só poderão se unir em federação partidos que tiverem registro no TSE;
a federação poderá ser criada até a data final do período de realização das convenções;
a aliança terá abrangência nacional.

+ STF abre novo inquérito contra Bolsonaro

+ CPI tem briga generalizada, guerra política e indecisões; assista aos vídeos

+ Governo antecipa auxílio e anuncia substituto do Bolsa Família

+ RN: pesquisa aponta Lula em 1º com 49,84%

+ SBT nega informação de Datena sobre Silvio Santos

+ Brasil registra mais 1.148 mortos por Covid-19

+ AL: morre o ex-senador João Lyra

+ Cena da morte em Roda de Fogo marcou carreira de Tarcísio Meira

+ Queiroga dá prazo para ‘tirar de uma vez por todas essas máscaras’

+ Curtinhas: Neto analisa conjuntura do país e internautas querem craque como 3ª via em 2022

+ Nany People abre o jogo e revela sexo com jogadores de Corinthians e Palmeiras

+ Filho de Bolsonaro, Jair responde se namoraria uma petista e agita web

+ RedeTV segue em queda de audiência; veja os números de 11 de agosto

Comentários

 




    gl