Acusada de assassinato, Flordelis diz que seu mandato é de Deus e vai ter mais votos em 2022

Deputada federal Flordelis. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Deputada federal Flordelis. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A deputada federal Flordelis (PSD) concedeu entrevista ao site Metrópoles, divulgada neste sábado (10).

Apontada como mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, na própria casa, em Niterói, no Rio de Janeiro, com mais de 30 tiros, ela acredita numa vitória nas eleições de 2022.

Na conversa conduzida pelo jornalista Tácio Lorran, voltou a afirmar que não foi a responsável pela morte do marido, disse não acreditar que terá seu mandato cassado e que terá “ainda mais votos do que em 2018”.

“Eu acredito nas pessoas. E eu acredito que eu vou ganhar sim [nas eleições de 2022], e com muitos mais votos do que tive antes. Pois existem muitas pessoas que não são conduzidas pela mídia. Quem me fez deputada federal foi Deus, e quem está me dando forças para continuar é Deus. E eu serei eleita. Estão tentando que eu não venha [candidata], porque, se eu vier, terei muitos mais votos do que tive”, prevê. Em 2018, a parlamentar foi a quinta mais votada do estado para a Câmara Federal, com 196.959 votos.

+ veja a entrevista na íntegra:

Comentários

 




    gl