Homicídio doloso tem queda de 21% no acumulado do ano no Rio

Viatura policial. Foto: Reprodução

Viatura policial. Foto: Reprodução

O índice de homicídios dolosos no estado do Rio de Janeiro caiu 21% nos nove primeiros meses deste ano em relação ao mesmo período de 2018, o que representa 818 mortes a menos. De janeiro a setembro foram registradas 3.025 vítimas, contra 3.843 no ano passado. Esse é o menor número de vítimas para o acumulado do ano desde 1991. Na comparação entre os meses de setembro, a redução foi de 19% (308 em 2019 e 382 em 2018), a menor quantidade de vítimas para o mês desde 1991.

O indicador estratégico crimes violentos letais intencionais (homicídio doloso, roubo seguido de morte e lesão corporal seguida de morte) também declinou: uma queda de 20% tanto em relação a setembro de 2018 como se comparado o trimestre (julho, agosto e setembro) com igual período do ano passado.

No acumulado deste ano, houve uma redução de 34% no índice de roubos seguidos de morte (latrocínio) na comparação com os nove primeiros meses de 2018.

Com o registro de sete casos em setembro, o número de vítimas chegou a 91 este ano, 47 a menos do que no mesmo período do ano passado. É a menor quantidade de registros para o mês desde 2012. As mortes por intervenção de agente do Estado aumentaram 19% entre janeiro e setembro deste ano em relação ao mesmo período de 2018.

Apreensão de fuzis bate recorde

Neste ano, as polícias Civil e Militar apreenderam 6.588 armas de fogo no estado, o que significa a retirada das ruas de uma média de 24 armas por dia. Desse total, 438 foram fuzis – ou seja, mais de um armamento desse tipo foi apreendido a cada dia no estado – maior número recolhido no período nos últimos 12 anos.

Roubos continuam em queda

Setembro apresentou uma queda de 36% nos roubos de veículos em relação ao mesmo mês do ano passado. Foram registrados 2.613 casos. Pela primeira vez desde novembro de 2015, o indicador ficou abaixo de 3 mil roubos. No acumulado do ano, o recuo foi de 23%, o menor para o período desde 2017.

Os roubos de carga diminuíram 19% em setembro em relação ao mesmo mês de 2018, com 467 casos, o menor valor para o período desde 2014. Em comparação a agosto de 2019, a queda foi de 20%. Já os roubos de rua (roubo a transeunte, roubo em coletivo e roubo de aparelho celular) caíram 13% no mês se comparado com setembro de 2018 (foram 1.356 casos a menos) e de 11% em relação a agosto.

Os dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) são referentes aos Registros de Ocorrência (ROs) lavrados nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro durante o mês de setembro.

Comentários




    gl