Família procura adolescente que desapareceu no Jardim Botânico, no Rio

Alyssa Mischler. Foto: Reprodução/Redes Sociais

Alyssa Mischler. Foto: Reprodução/Redes Sociais

Desde a tarde da última terça-feira (15) está desaparecida a adolescente Alyssa Mischler, de 15 anos, que mora no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Segundo sua irmã, Gabriela Mischler, ela “daria uma volta” pelo bairro, e não foi mais vista desde então. A menina só saiu de casa com a roupa do corpo, dinheiro e seu celular, que não tem acesso a internet.

O telefone da jovem foi encontrado na quarta-feira (16), por volta das 7h30, em um guichê de vendas de passagens na rodoviária Novo Rio. A família aguarda a análise das câmeras do local para tentar descobrir se Alyssa, de fato, embarcou em algum ônibus.

De dupla nacionalidade, brasileira e suíça, Alyssa tem sotaque estrangeiro, e mora com a irmã Gabriela no Rio há cerca de quatro meses. Imagens da câmera de segurança do elevador do prédio onde reside, mostram que, quando desapareceu, ela usava um short jeans, uma camiseta azul, um cinto preto e calçava um par de tênis all star branco. Segundo a irmã, ela não sabe andar na cidade e não tem um bom senso de direção.

Qualquer informação sobre o paradeiro de Alyssa pode ser compartilhada com a Polícia Civil pelos telefones (21) 2202-0338 e (21) 2582-7129. O S.O.S. Crianças  Desaparecidas da Fundação para a Criança e Adolescente (FIA) também está em alertas e atendendo pelos telefones (21) 2286-8337 e (21) 98696-5296.

Alyssa Mischler. Foto: Reprodução/Redes Sociais
Alyssa Mischler. Foto: Reprodução/Redes Sociais

Comentários




    gl