Ensino médio terá quarto ano para compensar defasagem da pandemia em São Paulo

Alunos fazendo exame. Foto: Divulgação

Para tentar compensar a defasagem no ensino médio gerado pelo isolamento social da pandemia , o governo de São Paulo decidiu criar o quarto ano do ensino médio. O secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, disse em entrevista à Rádio Bandeirantes que os alunos não serão obrigados a cursar esse ano a mais.

A ideia é dar suporte aos estudantes que sentirem necessidade de um reforço escolar para compreender os assuntos que podem ter sido deixados de lado por conta da suspensão das aulas. No estado de São Paulo , apenas 2,6 milhões de estudantes do total de 3,4 milhões conseguiram aderir às aulas pela internet e TV.

O secretário também disse que concorda com a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em janeiro e fevereiro de 2021, apesar de 50% dos estudantes terem participado de uma enquete virtual e decidido pelo mês de maio.

Rosseli acredita que após acertar os parâmetros sobre o Enem , o governo Bolsonaro precisa escolher um novo titular para o Ministério da Educação (MEC).










 

Comentários

 




    gl