Enem 2020 abre inscrições em meio a pedidos de adiamento

Gabarito do Enem. Foto: Reprodução de Internet

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) abre nesta segunda-feira (11) as inscrições para a edição de 2020, prevista para os dias 1º e 8 de novembro. Os estudantes poderão se candidatar até o dia 22 de maio no site da prova.

A taxa de inscrição do Enem 2020 é de R$ 85, devendo ser paga até o dia 28 de maio, por boleto, preferencialmente em serviços bancários digitais. Caso não seja possível, o pagamento pode ser feito em agências bancárias, correios e casas lotéricas.

Os participantes que garantiram a isenção da taxa, ou que se encaixam no perfil mas não fizeram a solicitação, devem se inscrever normalmente – a gratuidade foi garantida pelo Inep (órgão que coordena a prova).

Neste ano, além do formato impresso, o Enem Digital será aplicado para 100 mil estudantes. O exame será feito nos dias 22 e 29 de novembro e, mesmo usando computadores, a redação deverá ser feita em papel.

O governo federal decidiu manter o calendário do Enem mesmo com o avanço da pandemia de Coronavírus no Brasil, que até domingo (10) contabilizava 11.123 mortes e 162.699 casos confirmados – segundo balanço do Ministério da Saúde. O Inep afirma que monitora a situação da doença no país.

Organizações como a União Nacional dos Estudantes (UNE), a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) pedem mudanças no cronograma. Eles argumentam que, com as aulas presenciais suspensas, candidatos mais pobres ou de escolas públicas estão em desvantagem para se preparar para o exame.










Comentários




    gl