Encontro Nacional Abeoc Brasil: novas tecnologias exigem estratégia dos profissionais de eventos

ENCONTRO NACIONAL ABEOC BRASIL 2018. Foto: Divulgação

ENCONTRO NACIONAL ABEOC BRASIL 2018. Foto: Divulgação

Profissionais de evento de diversos segmentos dividiram espaço nesta segunda-feira (3), na plateia do ENCONTRO NACIONAL ABEOC BRASIL – Impactos e perspectivas para o mercado de eventos, realizado pelas ABEOC Brasil e ABEOC RJ, com patrocínio da CNC, no Hotel Prodigy Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

Antecedendo o Encontro Nacional, a presidente da ABEOC RJ reuniu os associados da estadual para a última reunião de 2018. Na ocasião, Adriana Homem de Carvalho citou, entre outros pontos, o saldo positivo no número de associados, o superávit da entidade, o convite para integrar o Conselho de Empresas de Turismo e Hospedagem do Estado do Rio de Janeiro, e o anúncio do 28º Congresso Brasileiro de Empresas e Profissionais de Eventos, de 2 a 4 de dezembro de 2019, no Ceará.

Logo após, a presidente da ABEOC Brasil, Fátima Facuri, deu as boas-vindas ao público, agradecendo presenças de convidados, do público, os apoiadores e à CNC, patrocinadora.

Bate-papo deu início ao Encontro

ENCONTRO NACIONAL ABEOC BRASIL 2018. Foto: Divulgação
ENCONTRO NACIONAL ABEOC BRASIL 2018. Foto: Divulgação

Sob o comando do jornalista Sidney Rezende, que já na abertura deu uma “aula” sobre comunicação. Antes de convidar os debatedores para o Talk-show PANORAMA DO MERCADO DE EVENTOS, Sidney destacou a importância da união na superação dos entraves.

Participaram do bate-papo a presidente da ABEOC BRASIL, Fátima Facuri; a presidente da ABEOC RJ, Adriana Homem de Carvalho; o presidente do CETUR da CNC, Alexandre Sampaio; e Margareth Carvalho, Coordenadora Estadual de Turismo do Sebrae/RJ. Esta última, falou sobre a importância de buscar informação e tecnologia, de customizar a tecnologia na medida da empresa e do cliente.

Fátima Facuri, presidente da ABEOC Brasil fez menção ao associativismo, respeitando a diversidade, mas apostando no coletivo, e também sobre a importância do Cadastur. Outro tema que mobilizou os debatedores, com a participação do público foi a falta de segurança.

Palestras falaram de estratégia, ferramentas e profissionais

Daniela Morier, CEO da Avantare, palestrou sobre MARKETING DIGITAL PARA EVENTOS e relatou que 59% das pessoas passam mais de 6h/dia na Internet. Baseado neste dado, segundo ela, é possível traçar uma estratégia digital que cubra todas as etapas do evento e não só a divulgação, o que chamou de “A JORNADA”. Entre as tendências citadas na apresentação estão: Voltar as estratégias primeiro para o celular; investir nos vídeos on-line, cujo consumo cresceu 90%; e o Inbound Marketing, visando os principais desafios para conquistar e manter a atenção.

Antes do início da segunda palestra do dia, o deputado federal Otávio Leite, escolhido futuro secretário de Turismo do Estado do Rio, enviou mensagem ao público justificando sua ausência e mostrando-se engajado com o futuro do turismo/eventos no Estado. O deputado seria um dos palestrantes, mas não pôde comparecer.

“É preciso encontrar os clientes e não esperar ser encontrado. O Rio de Janeiro concorre com o mundo”, falou assertivamente Philipe Campello – Diretor Comercial Rio CVB, na palestra SEO COMO FERRAMENTA PARA EVENTO. Ele também tratou de muitas ferramentas importantes que possibilitam ‘ser encontrado’, entre elas as keywords – palavras-chave. “Hoje você pode falar só com quem você quer falar e com mais pessoas do que você pretendia”, arrematou.

ENCONTRO NACIONAL ABEOC BRASIL 2018. Foto; Divulgação
ENCONTRO NACIONAL ABEOC BRASIL 2018. Foto; Divulgação

E a terceira e última palestra ficou por conta de Flávia Pereira. Segundo ela, a tecnologia vem e temos que trabalhar para não sermos engolidos por ela. Até 2030, citou, 33 milhões de empregos deixarão de existir, mas outros 170 milhões serão criados : “Estamos perdendo? Depende de como estamos nos preparando para isso. Se o robô está entrando para tudo que é técnico, nós temos que entrar com o que é emocional, o que é humano”.

Ainda na palestra O FUTURO DO PROFISSIONAL DE EVENTOS DIANTE DAS NOVAS TECNOLOGIAS, a gerente de Comunicação e Marketing da Future Minds foi taxativa: “Evento é experiência! O operacional de eventos vai sumir, o estratégico, não.”

No encerramento, a presidente da Associação, Fatima Facuri, falou da necessidade de geração de conteúdo para os eventos, agradeceu a presença de suas antecessoras na Presidência da entidade e dividiu com a presidente da ABEOC RJ, Adriana Homem de Carvalho os cumprimentos a todos que fizeram do Encontro um sucesso.

Todo o ENCONTRO NACIONAL ABEOC BRASIL foi transmitido ao vivo, pelo Instagram @abeocbrasil. Ao final da transmissão, todos foram convidados para um coquetel de confraternização.

Comentários




mais notícias

    gl