Eduardo Paes faz apelo aos cariocas que se aglomeram: ‘Deixem de ser burros’

Eduardo Paes. Foto: Beth Santos/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, fez um apelo à parcela da população da cidade que, indiferente à Covid-19, continua se aglomerando.

“Quero mais uma vez deixar este recado claro: este verão não é igual àquele que passou. Aqueles que acham que vão ficar na festa, fazendo aglomeração, deixem de ser burros porque vocês estão matando pessoas. Não é admissível que a gente continue neste ritmo”, afirmou.

“Ninguém está proibido de sair de casa, de frequentar os espaços públicos, comércio, restaurantes e bares, mas tem que respeitar as regras. Sair disso é falta de consciência, de compaixão, de empatia”, disse ainda Paes.

A Prefeitura do Rio classificou todas as 33 regiões administrativas da cidade como de risco alto para a transmissão do novo Coronavírus. Isso representa pela segunda semana seguida uma piora no cenário da Covid-19 na cidade.

Na semana passada, cinco regiões da capital fluminense ainda constavam como sendo de risco moderado para a transmissão da doença, situação que se agravou em sete dias. Agora, toda a cidade está com o nível de alerta alto.

Segundo Paes, se as regras de distanciamento não forem respeitadas, as medidas previstas em resolução conjunta assinada pelos secretários municipal e estadual de Saúde serão aplicadas. Elas incluem a limitação da capacidade de lotação de estabelecimentos, a alteração nos horários de funcionamento e a ampliação das regras de distanciamento em locais fechados.










Comentários

 




    gl