Reforma Tributária: Guedes diz que ricos vão pagar mais

Paulo Guedes. Foto: Reprodução da TV

O Ministro da Economia Paulo Guedes disse, em entrevista aos jornalistas, nesta quarta-feira (28), em Brasília, que um dos objetivos da reforma tributária é fazer com que os mais ricos do país paguem mais no imposto.

“Há 25 anos, os cidadãos mais ricos do Brasil não pagavam o imposto de renda sobre lucros e dividendos, então nós justamente colocamos esse imposto. Então, nós estamos dizendo: os super ricos vão pagar esses impostos e nós vamos justamente aliviar 32 milhões de assalariados contribuintes que pagavam e estão pagando menos. Os super ricos pagam mais. Não queremos que vocês paguem nas empresas, nós queremos o contrário: reduzir tributações nas empresas. A tributação das empresas cai de 34% para 24% já. Nós chegamos na média da OCDE que é em torno de 23 e 24. Vamos baixar imediatamente 10%. Essa é a ideia da reforma tributária também. O relator que está completamente afinado conosco, fala em termos de 20 até 30 bilhões de queda de arrecadação, cumprindo a nossa promessa de que nós não vamos aumentar os impostos. Na relatoria dele está prevista até uma queda de 30 bilhões. O que está acontecendo é que o Brasil está crescendo mais rápido, a arrecadação está vindo mais forte e nós estamos transformando isso justamente nessa folga de 30 bilhões que haveria”.

+ ‘Inaceitável’: Secom apaga post pelo Dia do Agricultor

+ Bolsonaro anuncia apresentação ‘bombástica’ e diz que povo vai reagir

+ América Latina: Bolsonaro é o único líder vizinho ausente em posse de Castillo

+ Inspirada em post de agricultor segurando arma, web faz montagens para outras profissões

+ MG: pesquisa indica vitória de Zema no 1º turno

+ Curtinhas: Janaina quer Moro e ri sobre Bolsonaro ‘estretegista’

+ Frio extremo: neve já cai no Sul e sensação pode chegar aos -25º

+ Goleira do Brasil responde atleta paralímpica: ‘Só porque é deficiente?’

+ Médium brasileiro conselheiro da ONU revela de quem Lula é reencarnação; assista

+ Zezé e o voto impresso: ‘É muito estranho’

+ China ultrapassa EUA; veja o quadro de medalhas

+ RedeTV! segue perdendo audiência; veja os números de 27 de julho

+ Emprego: Burger King abre 1.000 vagas em todo o país

Comentários

 




    gl