Caso Queiroz: Flávio Bolsonaro justifica falta em depoimento ao MP

Fabrício Queiroz e Flávio Bolsonaro. Foto: Reprodução de Internet

Fabrício Queiroz e Flávio Bolsonaro. Foto: Reprodução de Internet

O Senador eleito pelo Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro, do PSL, justificou o motivo de não comparecer ao depoimento marcado para esta quinta-feira (10) no Ministério Público, para esclarecer o caso do Conselho de Controle de Atividades Financeiras.

Em uma nota publicada em seu perfil no Facebook, na tarde de hoje, o filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro alegou  que não é investigado e que ainda não teve acesso aos autos do procedimento aberto pelo MP.

Assim como Flávio, também faltaram aos depoimentos no MP para falar sobre o caso o seu ex-assessor Fabrício Queiroz, suas filhas e mulher, Nathalia e Evelyn Queiroz e Marcia Aguiar.

Eles alegaram problemas de saúde de Queiroz para a ausência. O ex-assessor foi apontado pelo Coaf por movimentações atípicas em sua conta, incluindo depósitos de funcionários de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio sempre próximos às datas dos pagamentos do órgão.

Comentários




    gl