Bolsonaro pede para apoiador esquecer PSL e diz que Luciano Bivar está ‘queimado’

Bolsonaro tira fotos com apoiadores. Foto: José Cruz/Agência Brasil

Bolsonaro tira fotos com apoiadores. Foto: José Cruz/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro pediu para que um apoiador esquecesse o PSL, partido ao qual ele é filiado. A declaração foi dada na saída do Palácio do Alvorada, onde apoiadores esperam para conversar e tirar fotos com o presidente nesta terça-feira (8).

Um homem se apresentou a Bolsonaro como pré-candidato no Recife pelo PSL. Bolsonaro, então, cochichou em seu ouvido: “Esquece o PSL” e afirmou também que o presidente da sigla, o deputado Luciano Bivar, “está queimado pra caramba” e vai “queimar o seu filme também”.

A conversa foi gravada por um dos apoiadores e compartilhada nas redes sociais. A imprensa é proibida de ficar no mesmo local onde esses  apoiadores gravam esses diálogos com o presidente.

Além do ministro do Turismo, Marcelo Alvaro Antonio, Luciano Bivar também é investigado pela Procuradoria Regional Eleitoral, em Pernambuco, por suspeitas de caixa dois em sua campanha a deputado federal. Já o PSL está envolvido em outra investigação da Polícia Federal (PF) por candidaturas-laranjas em Minas Gerais. Vale lembrar que o partido tem enfrentado disputas internas e sua bancada na Câmara está rachada.

Confira o diálogo:

Apoiador: eu sou de Recife, pré-candidato do PSL.
Bolsonaro (cochichando ao ouvido): esquece o PSL.
Apoiador (gravando vídeo):Eu, Bolsonaro e [Luciano] Bivar, juntos por 1 novo Recife!
Bolsonaro: Cara… não divulga isso, não, cara. O cara [Bivar] está queimado para caramba lá. Vai queimar o meu filme também, entendeu? Esquece esse cara, esquece o partido.

O homem, então, indicou que apagou o vídeo, mostrando o celular para Bolsonaro. Depois, gravou outro sem citar o presidente da sigla: “Viva o Recife, eu e Bolsonaro!”.

 Leia também:

– WhatsApp admite envio maciço de mensagens durante eleições 2018

Comentários




    gl