Bolsonaro entrega MP de privatização da Eletrobras ao Congresso

Eletrobras. Foto: Divulgação

Eletrobras. Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro entregou ao Congresso Nacional, nesta terça-feira (23), uma medida provisória (MP) que trata da privatização da Eletrobras. O governo prevê arrecadar R$ 25 bilhões com a operação.

A medida foi entregue pelos ministros de Minas e Energia, Bento Albuquerque, da Economia, Paulo Guedes, e pelo presidente Jair Bolsonaro, aos presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

“A Câmara e o Senado vão dar a devida urgência à matéria. A nossa agenda de privatização continua a todo o vapor. Nós queremos sim enxugar o Estado, para que a nossa economia possa dar a resposta que a sociedade precisa”, declarou Bolsonaro.

“É o primeiro passo do que a gente pode chamar de Agenda Brasil. Privatizações, capitalização, investimentos. Uma pauta que andara no Congresso, junto com as reformas”, disse Lira.

“Como todas as MPs, o Congresso Nacional dará o devido encaminhamento, com a avaliação crítica, evidentemente, da maioria da Câmara, da maioria do Senado. Entendendo as modificações que eventualmente devam ser feitas. É uma demonstração, por parte do presidente, de respeito ao Congresso. Vamos manter essa relação de cordialidade, de respeito e independência entre os Poderes”, afirmou Pacheco.










Comentários

 




    gl