Ao entregar moradias populares, Bolsonaro afirma que Brasil ‘precisa voltar a trabalhar’

Jair Bolsonaro em evento do governo Federal. Foto: Fábio Rodrigues – Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (5) que o Brasil “precisa voltar a trabalhar” e que o desemprego e o vírus (Covid-19) são “problemas gravíssimos”.

Bolsonaro participou do evento de entrega de moradias para população de baixa renda ao lado do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. São 435 unidades habitacionais na cidade de São Sebastião, município satélite do Distrito Federal, e fazem parte do programa “Casa Verde Amarela”, do governo federal.

Na ocasião, o presidente afirmou que vai, ainda nesta semana, até a cidade catarinense de Chapecó para mostrar que “o vírus é grave, mas seus efeitos têm como ser combatidos”, ao citar a gestão do prefeito João Rodrigues (PSD). Nas redes sociais, Rodrigues é defensor do chamado “tratamento precoce” para a Covid-19, que prevê o uso de medicamentos como ivermectina e cloroquina, substâncias que não têm eficácia científica comprovada no combate à doença.

“É um exemplo a ser seguido, por isso estou indo para lá. Para exatamente não só ver, mas mostrar a todo o Brasil que o vírus é grave, mas seus efeitos têm como ser combatidos. Mais ainda, naquele município, com toda certeza em mais [cidades], em alguns estados também, o médico tem a liberdade total para trabalhar com o paciente. Total. Esse é dever do médico, uma obrigação e direito dele”, afirmou Bolsonaro.

O prefeito, no entanto, determinou a restrição de circulação, já no início de fevereiro, que incluiu a proibição de aglomerações na rua, eventos esportivos, proibição do funcionamento de casas noturnas, limitação de funcionamento para bares e restaurantes, entre outras medidas.

Comentários

 




    gl