Adultos de 30 a 59 anos concentram os novos casos de Covid-19 no Brasil

Máscara em farmácia. Foto: Reprodução de Internet

Máscara em farmácia. Foto: Reprodução de Internet

Em 2021, a população mais atingida por novos casos de Covid-19 no Brasil tem um perfil diferente daquele identificado no início da pandemia.

Pessoas entre 30 e 59 anos, segundo estudos da Fiocruz, a Fundação Oswaldo Cruz, são o novo “alvo” do vírus.

Em março, houve um aumento de 565,08%, 626% e 525,93% nos casos entre as pessoas de 30 a 39 anos, 40 a 49 anos e 50 a 59 anos, respectivamente, com base nos dados dos primeiros meses deste ano do Sistema de Vigilância Epidemiológica da Gripe sobre as Síndromes Respiratórias Agudas Graves, sistematizados pela Fiocruz.

A instituição aponta para um deslocamento da pandemia em direção aos mais jovens, o que pode implicar no colapso do sistema de saúde, por serem indivíduos com menos comorbidades e que precisam de maior tempo de permanência em leitos de UTI.

Na última terça-feira (7), o país registrou 4.195 mortes por Covid-19 nas últimas 24h, segundo o Conselho Nacional de Secretários de Saúde. É o número mais alto de mortes em um único dia desde o início da pandemia, totalizando 336.947 mortes pela doença no país.

Comentários

 




    gl