Sidney Rezende fala sobre a estreia da Rádio SRzd SP

Douglas Araújo, Maurício Capela, Marcelo Gomes e Paulo Massini. Foto: Wadson Ferreira

Douglas Araújo, Maurício Capela, Marcelo Gomes e Paulo Massini. Foto: Wadson Ferreira

Sidney Rezende divulgou oficialmente a Rádio SRzd SP na manhã desta quinta-feira (12), em transmissão ao vivo no Facebook. A conversa que durou pouco mais de 1 hora, no entanto, não se resumiu ao assunto. O jornalista aproveitou o espaço para mandar um recado ao empresariado e mercado publicitário, além de bater um papo com os leitores e tirar dúvidas da nova empreitada do maior portal de notícias independente do Brasil.

Eu acho que em comunicação tem coisas novas acontecendo. Nós, humildemente, somos um exemplo disso, assim como outros meios menores nascidos na internet.

“Eu acho que o empresariado brasileiro está muito tímido nesses últimos anos. Parece que fica um pouco dependendo do que o Ministro da Fazenda e o presidente Temer vão decidir. Isso não me parece algo muito bom. Acho que o empresariado tem que tomar a frente e se posicionar, até porque esse é um ano eleitoral”, comentou o chefe do SRzd assim que começou a transmissão.

Estamos produzindo para muita gente, com muito conteúdo, com profissionais renomados e talentosos, mas parece que o mercado publicitário pensa que só a mídia tradicional merece ser atendida.

Sidney falou sobre a importância de se enxergar a comunicação com outros olhos, tendo em vista as mudanças que ocorreram nos últimos anos, em especial com o crescimento dos acessos em internet e mídias sociais. O jornalista fez questão de agradecer aos parceiros Samoc Saúde, Supervia, Ame-RJ, PV8 e Loterj, que conseguem retorno para as marcas com as 7 milhões de visualizações do portal e os surpreendentes 415 mil ouvintes na Rádio desde a estreia em março.

“Eu acho que em comunicação tem coisas novas acontecendo. Nós, humildemente, somos um exemplo disso, assim como outros meios menores nascidos na internet. Estamos produzindo para muita gente, com muito conteúdo, com profissionais renomados e talentosos, mas parece que o mercado publicitário pensa que só a mídia tradicional merece ser atendida.”

Para Sidney, a democratização do investimento é a saída. É preciso que o empresariado entenda a necessidade de formar parcerias com novos meios, sem esquecer dos tradicionais. “Ninguém é contra a existência das grandes revistas, televisões e emissoras de rádio. Apenas queremos dizer que há uma nova equação. Os sites e blogs têm muito mais influência hoje em dia, enquanto os jornais impressos não atingem a quantidade de pessoas de antigamente”.

O jornalista deixou claro que a crítica é uma forma de dica ao mercado publicitário para o bem da comunicação como um todo. “Alguém tem que falar isso de uma maneira aberta. Não é para perseguir. Só queremos dar um alerta: é preciso mudar a matriz de compreensão da comunicação no país. Meu conceito aqui no SRzd é: cabelos brancos com espírito da juventude”, disse.

Rádio SRzd SP estreia 19 de julho com Palmeiras x Santos

O novo projeto do portal foi explicado por Sidney Rezende durante a Live. A partir de 19 de julho, o SRzd contará com uma segunda rádio online e uma editoria direcionada exclusivamente para a praça São Paulo. Para acessar, basta digitar srzd.com/radiosp a partir do dia 19. O endereço srzd.com/radio continuará para a Rádio SRzd do Rio de Janeiro.

Com equipe formada por Marcelo Gomes, Paulo Massini, Maurício Capela, Douglas Araújo, Raul Machado e Marcelo Pessoa, a rádio estreia na próxima quinta-feira (19) com a transmissão do clássico entre Palmeiras e Santos, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Já no sábado (21), a equipe transmitirá o duelo São Paulo x Corinthians. Assim como no Rio, a rádio privilegiará os jogos mais importantes da rodada.

Em pé, da esquerda para a direita: Douglas Araújo (repórter), Maurício Capela (comentarista), Paulo Massini (comentarista). Agachados, da esquerda para a direita: Raul Machado (diretor de redação), Marcelo Gomes (narrador). Foto: SRzd
Em pé, da esquerda para a direita: Douglas Araújo (repórter), Maurício Capela (comentarista), Paulo Massini (comentarista). Agachados, da esquerda para a direita: Raul Machado (diretor de redação), Marcelo Gomes (narrador). Foto: SRzd

– Saiba mais sobre a Rádio SRzd SP

De acordo com Sidney, a nova empreitada terá a marca de São Paulo. “É uma rádio paulista, com aquele jeito paulista, o sotaque. Da mesma forma que a rádio do Rio tem o jeito carioca, a Rádio SRzd SP terá a característica da região”, e completou: “O objetivo é reproduzir em São Paulo, onde nossa audiência é gigantesca, a trajetória bem sucedida no Rio. Nossa equipe está preparada. Aos poucos, as novidades para o público que ama São Paulo aparecerão em nossas páginas”.

Um dos principais pedidos por parte das pessoas que acompanhavam a transmissão no Facebook foi a expansão da Rádio SRzd para outros lugares do Brasil, como Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Florianópolis e Distrito Federal, citados por leitores. Sidney afirmou que dará um passo de cada vez e o objetivo neste momento é fortalecer a nova rádio paulista. Segundo ele, para que a expansão possa acontecer, é preciso novos investimentos financeiros de patrocinadores e empresariado.

Sidney Rezende responde perguntas dos leitores

O jornalista dedicou boa parte do tempo da transmissão para interagir e conversar com leitores do portal que acompanham a Live. Sidney fez questão de destacar que qualquer pessoa pode contatar o SRzd através de mensagem direta pelo Facebook (@portalsrzd). “Entrem em contato com a gente. Seja para anúncios, parcerias, currículos ou até mesmo trocar ideia sobre algum assunto. O que a gente achar mutuamente que vai funcionar, a gente vai se aproximar”, disse.

Robson Aldir: “Porque uma E-Rádio cresce tanto?”

Sidney Rezende: “Há um crescimento vertiginoso e surpreendente. Nós conseguimos 415 mil ouvintes desde a estreia. É uma potência. Os mais jovens não têm mais a paciência de ir ao estádio ouvindo um rádio de pilha. Hoje em dia, você pode ter a rádio no celular, tablet, televisão, desktop. Esses fatores combinados fazem com que a E-Rádio seja pertinente e avance cada vez mais”.

Priscila Aguiar Santos: “Qual o diferencial da Rádio SRzd em relação às demais que já existem?”

Sidney Rezende: “Normalmente, quem faz essa diferença é o público. Mas, eu diria, com o máximo respeito às demais, que nós estamos trazendo profissionais não somente consagrados, como qualificados”.

Vinicius Garcia: “A Rádio SRzd tem patrocínio? Vai ter?”

Sidney Rezende: “Sim, já citei os patrocinadores que hoje estão conosco: Samoc Saúde, Supervia, Ame-RJ, PV8 e Loterj”.

Zezé: “As empresas que quiserem se tornar parceiras comerciais, o que podem fazer?”

Sidney: “Entrar em contato conosco pelo Facebook do SRzd. ‘Quero patrocinar, quero indicar um patrocinador, sou contato de vendas, sou diretor comercial, tenho uma verba e quero conversar com você’. Não importa a verba que você tenha, nós vamos conversar e em 99,9% dos casos, nós conseguimos dar o retorno que você pretende para a sua marca”.

Júlio Ricardo Carvalho de Castro: “A Rádio será apartidária?”

Sidney Rezende: “Eu sou totalmente favorável à isenção, não acredito na neutralidade. Então, ela não pode e não deve ser partidária. Mas você que me acompanha sabe minhas opiniões, o que eu penso. Eu não fico em cima do muro e não minto. Sou criticado, algumas vezes, mas quem me critica, me respeita. E cada um dos nossos integrantes tem sua posição política, seja mais à esquerda, direita ou centro”.

Comentários




mais notícias

    gl