Furacão Florence perde força, mas deixa EUA em estado de emergência

Furacão Florence provoca enchentes nos EUA. Foto: Reprodução/Twitter

Furacão Florence provoca enchentes nos EUA. Foto: Reprodução/Twitter

O esperado furacão Florence chegou à costa dos Estados Unidos na manhã desta sexta-feira (14). A tempestade, antes registrada como categoria 4 (segunda mais forte na escala Saffir-Simpson), perdeu forças e, agora, é classificada como categoria 1. O olho do furacão atingiu o estado da Carolina do Norte.

Apesar de ter descido três categorias, Florence ainda é visto como uma grande ameaça ao território norte-americano. Autoridades registram “enchentes catastróficas” e fortes tempestades nas regiões atingidas pelo furacão. Não é descartada, também, a possibilidade do fenômeno retomar forças e causar uma destruição ainda maior no país.

De acordo com o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês), o furacão atingiu o solo norte-americano às 8h15 (horário de Brasília). No momento, foram registrados ventos de até 150 km/h. Cinco estados foram colocados em estado de alerta: Carolina do Norte, Carolina do Sul, Geórgia, Maryland e Virgínia. Apesar de não estar na rota do furacão, a capital Washington está sob atenção.

Para evitar um grande número de vítimas, mais de um milhão de pessoas foram aconselhadas a deixarem suas casas. As cidades na costa oeste dos Estados Unidos ficaram completamente desertas. Muitos moradores buscaram residências de familiares em outras regiões ou abrigos do governo. É estimado que ocorra oito meses de chuvas em apenas dois dias.

Comentários




mais notícias

    gl