Chat Folia: Deboche e irreverência de volta à Real Marlim em 2018

*Por Lukas Schultheiss

De volta ao deboche que lhe trouxe tanto sucesso no primeiro desfile a escola capixaba Real Marlim Azul, trará para o carnaval do Grupo B de 2018 “O Trono Enlouqueceu no Reino das Bananas Verdejantes”. Confira a entrevista com o presidente e carnavalesco Fernando Soares, que também é o novo coordenador artístico da Uesm

Reveja os desfiles do Grupos Especial e Acesso A

Este será o terceiro carnaval da Real Marlim Azul, como você avalia a sua escola ao longo deste período?

A Real Marlim Azul vem evoluindo na sua plástica com o passar do tempo. Carnaval é aprendizado e estamos aprendendo muito. Hoje as fantasias estão mais elaboradas, os carros com mais elementos. Aprendemos a utilizar materiais diversificados.

Este é o primeiro carnaval em que você estará como coordenador artístico que é um dos cargos mais importantes da liga. Acha que isso traz também uma responsabilidade maior para o seu desfile?

É uma responsabilidade gigantesca. Coordenar os desfiles não é tarefa fácil, é necessário dedicação para que tudo saia de maneira mais organizada possível e ter toda a transparência que o evento necessita. É uma tarefa difícil porém prazerosa!

Este ano houve um atraso muito grande para o lançamento do enredo a que se deve esse atraso?

Desde que a escola estreou na UESM que existe o desejo de fazer o enredo sobre o café. Escrevemos várias sinopses e não estava agradando. Então resolvemos mudar e tudo aconteceu. “O Trono Enlouqueceu no Reino das Bananas Verdejantes” é um enredo que nos agrada em todos os aspectos: é irreverente, crítico e de fácil associação com a política de hoje.

Real Marlim Azul logo do enredo do carnaval 2018 uesm

A estreia da escola foi com o enredo crítico e irreverente esse ano nós teremos novamente estilo na avenida?

Este enredo será um grande deboche. Vamos debochar dos políticos e da radicalização de ideologias. Faremos, novamente, uma grande reflexão sobre as nossas atitudes.

Como pretende desenvolver o enredo?

O enredo conta a história de um Vice-Rei decorativo que puxa o tapete de uma soberana e assume o trono. Vai mostrar as entregas de riquezas á outras monarquias vizinhas, diminuição de direitos. Vamos fazer uma crítica ao radicalismo e intolerância com pensamentos diferentes.

A definição do tema sendo feita de forma tardia significa que o barracão também começou depois? Qual a atual situação do Barracão? Tudo ficará pronto a tempo?

De fato é o carnaval mais atrasada da nossa história. Apesar do período curto para finalizarmos, estamos muito satisfeitos com o resultado do trabalho até aqui. Temos pronto 4 alas, o carro abre alas, um casal de MS e PB. Mas o nosso ritmo tem crescido e algumas mãos amigas estão nos ajudando neste momento.

Com relação a materiais teremos alguma novidade este ano?

Acho que não é novidade para o carnaval, mas para a Marlim. A gente tem buscado referência em outros desfiles. Aprendemos muito com as nossas co-irmãs! O último carro, vai trazer uma base holográfica azul simulando bolhas.

E para não perder o costume… Qual é a sua aposta para o que mais vai chamar atenção do público no seu desfile?

Acho que a traseira do último carro é puro deboche (risos).

E não esqueça, os desfiles do Grupo B do Carnaval de Maquete acontecem nos dias 20 e 21 de Outubro a partir das 14h30. Você pode acompanhar todos os detalhes dos desfiles pelo site oficial (www.uesm.com.br) onde as agremiações se apresentarão em forma de vídeo e contarão com narração ao vivo.

Saiba mais sobre o Carnaval de Maquete da UESM

Página oficial

Facebook

Youtube

Instagram

*em colaboração voluntária ao SRZD

Comentários




mais notícias

    gl