Brasil terá um smartphone por habitante em outubro de 2017

Telefone. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Telefone. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Em outubro de 2017 o Brasil chegará ao número de 208 milhões de smartphones, segundo estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo. Esta estatística representa um celular inteligente por habitante no país.

Hoje, o país tem 198 milhões de celulares inteligentes em uso, crescimento de 17% na comparação com os dados do estudo realizado no ano passado.

Nos últimos três anos, a população tem usado mais dispositivos móveis do que computadores em casa.  Em 2016, a venda de computadores teve queda de 15%  em número de unidades vendidas, para 12 milhões, o terceiro ano consecutivo de recuo.

Os computadores, que estão hoje nas mãos de 80% da população (166 milhões de desktops, notebooks e tablets), só chegarão a um para um entre 2020 e 2022.

De acordo com o levantamento, juntando telefones móveis e fixos, o Brasil já tem mais de um aparelho por habitante, ou 138% de penetração, um percentual maior que a média global, de 115%.

O Brasil tem atualmente 280 milhões de dispositivos móveis (notebooks, tablets e smartphones) conectáveis à internet.

A pesquisa da FGV, organizada pelo professor Fernando Meirelles, leva em conta apenas o número de aparelhos em uso, e não as vendas de smartphones no território nacional.

Comentários

srzd



mais notícias