Turma do Balão Mágico anuncia retorno aos palcos após 35 anos

Turma do Balão Mágico anuncia retorno e planeja turnê por todo Brasil. Foto: Divulgação

Turma do Balão Mágico anuncia retorno e planeja turnê por todo Brasil. Foto: Divulgação

Quem cresceu e curtiu a infância na década de 1980 tem um bom motivo para comemorar.
A Turma do Balão Mágico anunciou nesta terça-feira (13) que deve voltar aos palcos ainda este ano.

Os ex-integrantes Simony, Mike e Tob querem celebrar em grande estilo os 35 anos da criação do grupo que contabiliza milhares de fãs em todo o Brasil.

O projeto inclui a gravação de um DVD e a realização de uma turnê com shows. Jairzinho, que mora em Nova York, deve participar de algumas apresentações. A hipótese de holograma está sendo estudada.

“Há cinco anos conversamos sobre o assunto, e este ano a vontade ficou maior. Então, estamos amadurecendo essa ideia para fazer algo bem bacana. Temos muita vontade de fazer as grandes capitais com esse show”, declarou ao jornal Extra a cantora Simony, aos 41 anos.

A Turma do Balão Mágico foi uma banda infantil brasileira que fez sucesso nos anos 1980. Mais tarde, o grupo deu origem ao programa Balão mágico, exibido pela Rede Globo entre 1983 e 1986.

Turma do Balão Mágico anuncia retorno e planeja turnê por todo Brasil. Foto: Divulgação
Turma do Balão Mágico anuncia retorno e planeja turnê por todo Brasil. Foto: Divulgação

No curso da carreira, o grupo lançou cinco álbuns de estúdios e emplacou diversos sucessos como Superfantástico, Lindo balão azul, A galinha magricela, Se enamora, Tic tac e Me dá um dinheirinho.

Ao todo, os álbuns venderam mais de 10 milhões de cópias no Brasil. O fim do grupo ocorreu em 1986, com a saída de Mike e Ricardinho em meio às gravações do quinto disco.

“Vendemos 12 milhões de discos na época, tivemos participações de artistas que são a história da MPB, como Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Fábio Jr., Djavan, Pepeu Gomes, Moraes Moreira… Seria uma forma de homenageá-los também, cantando músicas deles e nossos grandes clássicos”, diz Mike, que hoje tem 43 anos e se divide entre Londres e Belém, onde possui uma empresa de exportação de madeiras exóticas de reflorestamento.

Comentários




mais notícias

    gl