Ator desabafa: ‘Quero ser mais um negro dos poucos que estão na TV’

Rodrigo Gomes. Foto: Rafael Antônio / MF Assessoria

Rodrigo Gomes. Foto: Rafael Antônio / MF Assessoria

O preconceito não derrubará o objetivo do ator Rodrigo Gomes em fazer um papel de destaque na televisão brasileira.

“Sofri preconceito várias vezes. Falam nas redes sociais que eu deveria fazer o papel do escravo Justino ou do Negrinho do Pastoreio. Não ligo pois para mim isto é algo sem relevância. Tenho pena do preconceituoso e não me preocupo com ele”, disse o ator de 30 anos que nasceu em Barbacena, interior de Minas Gerais.

Graduado em Administração Pública, Rodrigo, que sempre demonstrou aptidão para o meio artístico, fez um desabafo.

“O preconceito me tornou mais forte, serviu como desafio. Quero meu lugar na TV, quero atuar, quero ser mais um negro dos poucos que estão na mídia e quero fazer a diferença. Todos os negros que sofrem preconceito deveriam usar isso como incentivo para provar que somos capazes”, declarou.

Atualmente, Rodrigo Gomes está dedicando 100% do seu tempo à carreira de ator e modelo.

“Sempre gostei de participar de apresentações na escola tanto nas teatrais quanto nas musicais. Aos 15 anos fiz um curso de interpretação para televisão na oficina de atores em Juiz de Fora, mas depois comecei a fazer faculdade e não consegui dar seguimento. Agora que estou graduado decidi lutar pelo meu sonho e pela minha carreira”, afirmou o ator que está fazendo diversos cursos de capacitação e, inclusive, fará dois cursos intensivos na escola de atores Wolf Maia.

Comentários

srzd