Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

‘Vingadores: Ultimato’ atinge a marca de US$ 2,5 bilhões em todo o mundo

“Vingadores: Ultimato” é a maior bilheteria da História do cinema (Foto: Divulgação).

Nesta quarta-feira, dia 15, “Vingadores: Ultimato” (Avengers: Endgame – 2019) atingiu a marca de US$ 2,508 bilhões em bilheterias mundiais, de acordo com o Box Office Mojo. Dirigido pelos irmãos Anthony e Joe Russo, o longa orçado em US$ 356 milhões é um verdadeiro fenômeno de público que promete desbancar “Avatar” (Idem – 2009) do topo do ranking das maiores bilheterias da História do cinema em poucos dias – o longa de James Cameron arrecadou US$ 2,787 bilhões ao longo de 34 semanas em cartaz.

 

Ainda segundo o Box Office Mojo, até o momento, “Vingadores: Ultimato” ocupa a terceira posição no ranking das maiores bilheterias do mercado americano com US$ 734,1 milhões. O primeiro lugar deste ranking pertence a “Star Wars: O Despertar da Força” (Star Wars: Episode VII – The Force Awakens – 2015), de J.J. Abrams, que arrecadou cerca de US$ 936,6 milhões; já o segundo é de “Avatar”, com US$ 760,5 milhões. No entanto, se os valores fossem atualizados, o recordista absoluto seria “… E O Vento Levou” (Gone With Wind – 1939), de Victor Fleming, com cerca de US$ 1,8 bilhão. À época de seu lançamento, o longa que ganhou oito estatuetas do Oscar, incluindo as de melhor filme, direção, atriz para Vivien Leigh e atriz coadjuvante para Hattie MacDaniel, a primeira negra agraciada com o prêmio, faturou US$ 200,8 milhões, totalizando US$ 402,3 milhões ao redor do globo, números que impressionam se considerarmos que o filme foi lançado no ano em a Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945) foi declarada.

 

No último final de semana, a diferença entre “Vingadores: Ultimato” e o segundo lugar do ranking no mercado americano foi de pouco mais de US$ 5 milhões, algo que não acontecia desde a sua estreia nos Estados Unidos em 26 de abril – o longa produzido pela Marvel em parceria com a Disney garantiu o primeiro lugar com US$ 63 milhões. A segunda posição ficou com “Pokémon: Detetive Pikachu” (Pokémon Detective Pikachu – 2019), que abriu com US$ 58 milhões, tornando-se a maior estreia de uma adaptação de videogame nas bilheterias americanas – o recorde pertencia a “Lara Croft: Tomb Raider” (Idem – 2001), de Simon West. Com direção de Rob Letterman, o longa já faturou US$ 175,7 milhões em todo o mundo.

 

Leia também:

Crítica – ‘Pokémon: Detetive Pikachu’: aventura para as crianças

‘Precisou dos Vingadores para afundar o meu Titanic’, diz James Cameron

‘Vingadores: Ultimato’: bilheteria ultrapassa a de ‘Titanic’ em apenas duas semanas

‘Vingadores: Ultimato’: abertura ultrapassa US$ 1,2 bilhão

Crítica – ‘Vingadores: Ultimato’: o novo acerto da Disney / Marvel

O fenômeno ‘Vingadores’

‘Vingadores: Ultimato’ ultrapassa ‘Guerra Infinita’ antes mesmo da estreia

Comentários




    gl