Ana Carolina Garcia. Foto: SRZD

Ana Carolina Garcia

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá, onde também concluiu sua pós-graduação em Jornalismo Cultural. Em 2011, lançou seu primeiro livro, "A Fantástica Fábrica de Filmes - Como Hollywood se Tornou a Capital Mundial do Cinema", da Editora Senac Rio.

Critics’ Choice Awards 2018: ‘A Forma da Água’ lidera com 14 indicações

Dirigido por Guillermo del Toro, longa estreia nos cinemas brasileiros em 11 de janeiro de 2018 (Foto: Divulgação).

Nesta quarta-feira, dia 06, a Broadcast Film Critics Association (BFCA) e a Broadcast Television Journalists Association (BTJA) divulgaram a lista de indicados ao Critics’ Choice Awards 2018, que é um dos principais termômetros da aguardada lista da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood (Academy of Motion Picture Arts and Sciences – AMPAS), ou seja, do Oscar.

 

Dirigido por Guillermo del Toro, “A Forma da Água” (The Shape of Water – 2017) lidera a corrida pelo prêmio com 14 indicações, incluindo nas categorias principais de melhor filme e direção. Responsável por abrir a última edição do Festival do Rio, o longa está previsto para entrar em cartaz nos cinemas brasileiros em janeiro.

 

“A Forma da Água” tem como principais concorrentes quatro títulos que disputam oito categorias, incluindo as de filme e direção: “The Post: A Guerra Secreta” (The Post – 2017), de Steven Spielberg; “Lady Bird: É Hora de Voar” (Lady Bird – 2017), de Greta Gerwig; “Dunkirk” (Idem – 2017), de Christopher Nolan; e “Me Chame Pelo Seu Nome” (Call Me By Your Name – 2017), de Luca Guadagnino, produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira e sua RT Features.

 

“Me Chame Pelo Seu Nome” é produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira (Foto: Divulgação).

 

“2017 provou ser um ano incrivelmente excitante em filmes – e um dos mais abrangentes em termos de possibilidades de prêmios. A mistura de cineastas lendários e atores com vozes novas e vibrantes, representando estilos e perspectivas variados, divertiram e desafiaram os críticos e o público”, disse Joey Berlin, presidente da BFCA, em comunicado oficial à imprensa.

 

Com um título concorrendo em cinema, “The Meyerowitz Stories” (Idem – 2017), na categoria de melhor ator em comédia para Adam Sandler, a Netflix dispara com 20 indicações nas categorias de televisão, seguida de perto pelas séries da HBO, que disputam 15 prêmios.

 

A 23a edição do Critics’ Choice Awards será realizada no dia 11 de janeiro no Barker Hangar em Santa Monica, Los Angeles.

 

Confira a lista completa de indicados:

 

CINEMA:

Melhor filme:

– “A Forma da Água”;

– “Me Chame Pelo Seu Nome”;

– “The Post: A Guerra Secreta”;

– “Lady Bird – É Hora de Voar”;

– “Dunkirk”;

– “Doentes de Amor” (The Big Sick – 2017);

– “O Destino de uma Nação” (Darkest Hour – 2017);

– “Projeto Flórida” (The Florida Project – 2017);

– “Corra!” (Get Out – 2017);

– “Três Anúncios para um Crime” (Three Billboards Outside Ebbing, Missouri – 2017).

 

Melhor ator:

– Timothée Chalamet – “Me Chame Pelo Seu Nome”;

– James Franco – “Artista do Desastre” (The Disaster Artist – 2017);

– Jake Gyllenhaal – “O Que te faz Mais Forte” (Stronger – 2017);

– Tom Hanks – “The Post – A Guerra Secreta”;

– Daniel Kaluuya – “Corra!”;

– Daniel Day-Lewis – “Trama Fantasma” (Phantom Tread – 2017);

– Gary Oldman – “O Destino de uma Nação”.

 

Melhor atriz:

– Meryl Streep – “The Post: A Guerra Secreta”;

– Jessica Chastain – “A Grande Jogada” (Molly’s Game – 2017);

– Sally Hawkins – “A Forma da Água”;

– Saoirse Ronan – “Lady Bird – É Hora de Voar”;

– Frances McDormand – “Três Anúncios para um Crime”;

– Margot Robbie – “I, Tonya” (Idem – 2017).

 

Melhor ator coadjuvante:

– Armie Hammer – “Me Chame Pelo Seu Nome”;

– Richard Jenkins – “A Forma da Água”;

– Willem Dafoe – “Projeto Flórida”;

– Sam Rockwell – “Três Anúncios para um Crime”;

– Patrick Stewart – “Logan” (Idem – 2017);

– Michael Stuhlbarg – “Me Chame Pelo Seu Nome”.

 

Melhor atriz coadjuvante:

– Mary J. Blige – “Mudbound” (Idem – 2017);

– Laurie Metcalf – “Lady Bird – É Hora de Voar”;

– Octavia Spencer – “A Forma da Água”;

– Hong Chau – “Pequena Grande Vida” (Downsizing – 2017);

– Tiffany Haddish – “Viagem das Garotas” (Girls Trip – 2017);

– Holly Hunter – “Doentes de Amor”;

– Allison Janney – “I, Tonya”.

 

Melhor ator/atriz jovem:

– Mckenna Grace – “Um Laço de Amor” (Gifted – 2017);

– Dafne Keen – “Logan”;

– Brooklynn Prince – “Projeto Flórida”;

– Millicent Simmonds – “Sem Fôlego” (Wonderstruck – 2017);

– Jacob Tremblay – “Extraordinário” (Wonder – 2017).

 

Melhor elenco:

– “The Post: A Guerra Secreta”;

– “Dunkirk”;

– “Lady Bird – É Hora de Voar”;

– “Mudbound”;

– “Três Anúncios para um Crime”.

 

Melhor direção:

– Steven Spielberg – “The Post: A Guerra Secreta”;

– Christopher Nolan – “Dunkirk”;

– Guillermo del Toro – “A Forma da Água”;

– Greta Gerwig – “Lady Bird – É Hora de Voar”;

– Martin McDonagh – “Três Anúncios para um Crime”;

– Luca Guadagnino – “Me Chame Pelo Seu Nome”;

– Jordan Peele – “Corra!”.

 

Melhor roteiro original:

– “A Forma da Água” – Guillermo del Toro e Vanessa Taylor;

–  “Lady Bird – É Hora de Voar” – Greta Gerwig;

– “Doentes de Amor” – Emily V. Gordon e Kumail Nanjiani;

– “The Post: A Guerra Secreta” – Liz Hannah e Josh Singer;

– “Três Anúncios para um Crime” – Martin McDonagh;

– “Corra!” – Jordan Peele.

 

Melhor roteiro adaptado:

– “Me Chame Pelo Seu Nome” – James Ivory;

– “Artista do Desastre” – Scott Neustadter e Michael H. Weber;

– “Mudbound” – Dee Rees and Virgil Williams;

– “A Grande Jogada” – Aaron Sorkin;

– “Extraordinário” – Jack Thorne, Steve Conrad e Stephen Chbosky.

 

Melhor fotografia:

– “Blade Runner 2049” (Idem – 2017) – Roger Deakins;

– “Dunkirk” – Hoyte van Hoytema;

– “A Forma da Água” – Dan Laustsen;

– “Mudbound” – Rachel Morrison;

– “Me Chame Pelo Seu Nome” – Sayombhu Mukdeeprom.

 

Melhor design de produção:

– “A Forma da Água” – Paul Denham Austerberry, Shane Vieau, Jeff Melvin;

– “Assassinato no Expresso do Oriente” (Murder on the Orient Express – 2017) – Jim Clay e Rebecca Alleway;

– “Dunkirk” – Nathan Crowley e Gary Fettis;

– “Blade Runner 2049” – Dennis Gassner e Alessandra Querzola;

– “A Bela e a Fera” (The Beauty and the Beast – 2017) – Sarah Greenwood e Katie Spencer;

– “Trama Fantasma” – Mark Tildesley e Véronique Melery.

 

Melhor edição:

– “The Post: A Guerra Secreta” – Michael Kahn e Sarah Broshar;

– “Em Ritmo de Fuga” (Baby Driver – 2017) – Paul Machliss e Jonathan Amos;

– “Dunkirk” – Lee Smith;

– “Blade Runner 2049” – Joe Walker;

– “A Forma da Água” – Sidney Wolinsky.

 

Melhor figurino:

– “Blade Runner 2049” – Renée April;

– “Trama Fantasma” – Mark Bridges;

– “A Bela e a Fera” – Jacqueline Durran;

– “Mulher-Maravilha” (Wonder Woman – 2017) – Lindy Hemming;

– “A Forma da Água” – Luis Sequeira.

 

Melhor maquiagem e penteado:

– “A Bela e a Fera”;

– “O Destino de uma Nação”;

– “I, Tonya”;

– “A Forma da Água”;

– “Extraordinário”.

 

Melhores efeitos visuais:

– “Blade Runner 2049”;

– “Dunkirk”;

– “A Forma da Água”;

– “Thor: Ragnarok” (Idem – 2017);

– “Planeta dos Macacos: A Guerra” (War for the Planet of the Apes – 2017);

– “Mulher-Maravilha”.

 

Melhor animação:

– “Viva – A Vida é uma Festa” (Coco – 2017);

– “The Breadwinner” (Idem – 2017);

– “Meu Malvado Favorito 3” (Despicable Me 3 – 2017);

– “LEGO Batman: O Filme” (The LEGO Batman Movie – 2017);

– “Com Amor, Van Gogh” (Loving Vincent – 2017).

 

Melhor filme de ação:

– “Em Ritmo de Fuga”;

– “Logan”;

– “Thor: Ragnarok”;

– “Planeta dos Macacos: A Guerra”;

– “Mulher-Maravilha”.

 

Melhor filme de terror ou ficção-científica:

– “It – A Coisa” (It – 2017);

– “Blade Runner 2049”;

– “Corra!”;

– “A Forma da Água”.

 

Melhor comédia:

– “Doentes de Amor”;

– “Artista do Desastre”;

– “Viagem das Garotas”;

– “I, Tonya”;

– “Lady Bird – É Hora de Voar”.

 

Melhor ator de comédia:

– Steve Carell – “A Guerra dos Sexos”;

– James Franco – “Artista do Desastre”;

– Chris Hemsworth – “Thor: Ragnarok”;

– Kumail Nanjiani – “Doentes de Amor”;

– Adam Sandler – “The Meyerowitz”.

 

Melhor atriz de comédia:

– Tiffany Haddish – “Viagem das Garotas”;

– Zoe Kazan – “Doentes de Amor”;

– Margot Robbie – “I, Tonya”;

– Saoirse Ronan – “Lady Bird – É Hora de Voar”;

– Emma Stone – “A Guerra dos Sexos” (Battle of the Sexes – 2017).

 

Melhor filme estrangeiro:

– “120 Batimentos por Minuto” (BPM Beats Per Minute – 2017, França);

– “Uma Mulher Fantástica” (Una Mujer Fantástica – 2017, Espanha);

– “First They Killed My Father” (First They Killed My Father: A Daughter of Cambodia Remembers – 2017, Camboja / EUA);

– “Em Pedaços” (Aus dem Nichts – 2017, Alemanha);

– “The Square – A Arte da Discórdia” (The Square – 2017, Suécia);

– “Thelma” (Idem – 2017, Noruega).

 

Melhor trilha sonora:

– “A Forma da Água” – Alexandre Desplat;

– “Trama Fantasma” – Jonny Greenwood;

– “O Destino de uma Nação” – Dario Marianelli;

– “Blade Runner 2049” – Benjamin Wallfisch e Hans Zimmer;

– “The Post: A Guerra Secreta” – John Williams;

– “Dunkirk” – Hans Zimmer.

 

Melhor canção:

– “Evermore” – “A Bela e a Fera”;

– “Mystery of Love” – “Me Chame Pelo Seu Nome”;

– “Remember Me” – “Viva: A Vida é Uma Festa”;

– “Stand Up for Something” – “Marshall” (Idem – 2017);

– “This Is Me” – “O Rei do Show” (The Greatest Showman – 2017).

 

TELEVISÃO:

Melhor série de animação:

– “Archer” (Idem – desde 2009);

– “Bob’s Burgers” (Idem – desde 2011);

– “BoJack Horseman” (Idem – desde 2014);

– “Danger & Eggs” (Idem – desde 2015);

– “Rick and Morty” (Idem – desde 2013);

– “The Simpsons” (Idem – desde 1989).

 

Melhor série de drama:

– “American Gods” (Idem – desde 2017);

– “The Crown” (Idem – desde 2016);

– “Game of Thrones” (Idem – desde 2011);

– “O Conto da Aia” (The Handmaid’s Tale – desde 2017);

– “Stranger Things” (Idem – desde 2016);

– “This Is Us” (Idem – desde 2016).

 

Melhor ator em série de drama:

– Sterling K. Brown – “This Is Us”;

– Paul Giamatti – “Billions” (Idem – desde 2016);

– Freddie Highmore – “Bates Motel” (Idem – desde 2013);

– Ian McShane – “American Gods”;

– Bob Odenkirk – “Better Call Saul” (Idem – desde 2015);

– Liev Schreiber – “Ray Donovan” (Idem – desde 2013).

 

Melhor atriz em série de drama:

– Caitriona Balfe – “Outlander” (Idem – desde 2014);

– Christine Baranski – “The Good Fight” (Idem – desde 2017);

– Claire Foy – “The Crown”;

– Tatiana Maslany – “Orphan Black” (Idem – desde 2013);

– Elisabeth Moss – “The Handmaid’s Tale”;

– Robin Wright – “House of Cards” (Idem – desde 2013).

 

Melhor ator coadjuvante em série de drama:

– Bobby Cannavale – “Mr. Robot” (Idem – 2015);

– Asia Kate Dillon – “Billions”;

– Peter Dinklage – “Game of Thrones”;

– David Harbour – “Stranger Things”;

– Delroy Lindo – “The Good Fight”;

– Michael McKean – “Better Call Saul”.

 

Melhor atriz coadjuvante em série de drama:

– Gillian Anderson – “American Gods”;

– Emilia Clarke – “Game of Thrones”;

– Ann Dowd – “The Handmaid’s Tale”;

– Cush Jumbo – “The Good Fight”;

– Margo Martindale – “Sneaky Pete” (Idem – desde 2015);

– Chrissy Metz – “This Is Us”.

 

Melhor série de comédia:

– “The Big Bang Theory” (Idem – desde 2007);

– “Black-ish” (Idem – desde 2014);

– “GLOW” (Idem – desde 2017);

– “The Marvelous Mrs. Maisel” (Idem – desde 2017);

– “Modern Family” (Idem – desde 2009);

– “Patriot” (Idem – desde 2015).

Melhor ator em série de comédia:

– Anthony Anderson – “Black-ish”;

– Aziz Ansari – “Master of None” (Idem – desde 2015);

– Hank Azaria – “Brockmire” (Idem – desde 2017);

– Ted Danson – “The Good Place” (Idem – desde 2016);

– Thomas Middleditch – “Silicon Valley” (Idem – desde 2014);

– Randall Park – “Fresh Off the Boat” (Idem – desde 2015).

 

Melhor atriz em série de comédia:

– Kristen Bell – “The Good Place”;

– Alison Brie – “GLOW”;

– Rachel Brosnahan – “The Marvelous Mrs. Maisel”;

– Sutton Foster – “Younger” (Idem – desde 2015);

– Ellie Kemper – “Unbreakable Kimmy Schmidt” (Idem – desde 2015);

– Constance Wu – “Fresh Off the Boat”.

 

Melhor ator coadjuvante em série de comédia:

– Tituss Burgess – “Unbreakable Kimmy Schmidt”;

– Walton Goggins – “Vice Principals” (Idem – desde 2016);

– Sean Hayes – “Will & Grace” (Idem – desde 1998);

– Marc Maron – “GLOW”;

-Kumail Nanjiani – “Silicon Valley”:

– Ed O’Neill – “Modern Family”.

 

Melhor atriz coadjuvante em série de comédia:

– Mayim Bialik – “The Big Bang Theory”;

– Alex Borstein – “The Marvelous Mrs. Maisel”;

– Betty Gilpin – “GLOW”;

– Jennifer Lewis – “Black-ish”;

– Alessandra Mastronardi – “Master of None”;

– Rita Moreno – “One Day at a Time” (Idem – desde 2017).

 

Melhor telefilme ou minissérie:

– “Flint” (Idem – 2017);

– “I Am Elizabeth Smart” (Idem – 2017);

– “A Vida Imortal de Henrietta Lacks” (The Immortal Life of Henrietta Lacks – 2017);

– “Sherlock: The Lying Detective” (Idem – 2017);

– “O Mago das Mentiras” (The Wizard of Lies – 2017).

 

Melhor ator em telefilme ou minissérie:

– Jeff Daniels – “Godless”;

– Robert De Niro – “O Mago das Mentiras”;

– Ewan McGregor – “Fargo” (Idem – 2017);

– Jack O’Connell – “Godless”;

– Evan Peters – “American Horror Story: Cult” (Idem – desde 2011);

– Bill Pullman – “The Sinner” (Idem – 2017);

– Jimmy Tatro – “American Vandal” (Idem – 2017).

 

Melhor atriz em telefilme ou minissérie:

– Jessica Biel – “The Sinner”;

– Alana Boden – “I Am Elizabeth Smart”;

– Carrie Coon – “Fargo”;

– Nicole Kidman – “Big Little Lies”;

– Jessica Lange – “Feud: Bette and Joan” (Idem – 2017);

– Reese Witherspoon – “Big Little Lies”.

 

Melhor ator coadjuvante em telefilme ou minissérie:

– Johnny Flynn – “Genius” (Idem – 2017);

– Benito Martinez – “American Crime” (Idem – 2015);

– Alfred Molina – “Feud: Bette and Joan”;

– Alexander Skarsgård – “Big Little Lies”;

– David Thewlis – “Fargo”;

– Stanley Tucci – “Feud: Bette and Joan”.

 

Melhor atriz coadjuvante em telefilme ou minissérie:

– Judy Davis – “Feud: Bette and Joan”;

– Laura Dern – “Big Little Lies”;

– Jackie Hoffman – “Feud: Bette and Joan”;

– Regina King – “American Crime”;

– Michelle Pfeiffer – “O Mago das Mentiras”;

– Mary Elizabeth Winstead – “Fargo”.

 

Melhor reality – competição:

– “America’s Got Talent” (Idem – desde 2006);

– “Chopped” (Idem – desde 2007);

– “Dancing with the Stars” (Idem – desde 2005);

– “Project Runway” (Idem – desde 2004);

– “RuPaul’s Drag Race” (Idem – desde 2009);

– “The Voice” (Idem – desde 2011).

 

Melhor reality (estruturado):

– “The Carbonaro Effect” (Idem – desde 2014);

– “Fixer Upper” (Idem – desde 2013);

– “The Profit” (Idem – desde 2013);

– “Shark Tank” (Idem – desde 2009);

– “Undercover Boss” (Idem – desde 2010);

– “Who Do You Think You Are?” (Idem – desde 2010).

 

Melhor reality (não estruturado):

– “Born This Way” (Idem – desde 2015);

– “Ice Road Truckers” (Idem – desde 2007);

– “Intervention” (Idem – desde 2005);

– “Live PD” (Idem – desde 2016);

– “Ride with Norman Reedus” (Idem – desde 2016);

– “Teen Mom” (Idem – desde 2009).

 

Melhor talk-show:

– “Ellen: The Ellen DeGeneres Show” (Idem – desde 2003);

– “Harry” (Idem – desde 2016);

– “Jimmy Kimmel Live!” (Idem – desde 2003);

– “The Late Late Show with James Corden” (Idem – desde 2015);

– “The Tonight Show Starring Jimmy Fallon” (Idem – desde 2014);

– “Watch What Happens Live with Andy Cohen” (Idem – desde 2009).

 

Melhor apresentador de reality show:

– Ted Allen – “Chopped”;

– Tyra Banks – “America’s Got Talent”;

– Tom Bergeron – “Dancing with the Stars”;

– Cat Deeley – “So You Think You Can Dance” (Idem – desde 2005);

– Joanna and Chip Gaines – “Fixer Upper”;

– RuPaul – “RuPaul’s Drag Race”.

 

Leia também:

LAFCA 2017: ‘Me Chame Pelo Seu Nome’ é eleito o melhor filme do ano

Crítica – Festival do Rio 2017: ‘A Forma da Água’

 

Comentários

srzd



mais notícias