Intérpretes do Carnaval de SP elegem o samba da Vai-Vai como o melhor de 2017

Vai-Vai. Foto: SRzd – Cláudio L. Costa

Qual o melhor samba de enredo do ano? Esta pergunta é uma das mais recorrentes entre os apaixonados pelo Carnaval, e que se renova a cada temporada.

Enquetes, debates e votações. E muita, muita discussão. Então, nada melhor do que procurar quem entende do assunto para levar até os leitores do SRzd um panorama sobre a safra paulistana de 2017. A reportagem do portal procurou os vinte e dois intérpretes que integram os Grupos Especial e de Acesso e pediu que cada um deles apontasse os seus três hinos favoritos para o próximo desfile na cidade, descartando, evidentemente, a escola que defendem. Douglinhas Aguiar, da Águia de Ouro, procurado pelo SRzd durante a festa de lançamento do CD, optou por não participar. Todos os demais, registraram suas preferências. Os votos foram publicados diariamente, um por um, na página da editoria do Carnaval de São Paulo no SRzd.

Ao final, o samba da Vai-Vai, de autoria de Edegar Cirillo, Marcelo Casa Nossa, André Ricardo, Dema, Leonardo Rocha e Rodolfo, trilha do enredo No Xirê do Anhembi, a Oxum mais bonita surgiu…Menininha, mãe da Bahia – Ialorixá do Brasil, foi o escolhido pela maioria dos cantores. O último que revelou suas preferências foi Fredy Vianna, voz oficial da Mancha Verde.

Assista o voto do intérprete da Mancha Verde

Veja a contagem final considerando todos os votos

1º lugar

Vai-Vai: 10 votos

2º lugar

Acadêmicos do Tatuapé: 09 votos

3º lugar

Unidos de Vila Maria: 08 votos

4º lugar

Dragões da Real: 07 votos
Sociedade Rosas de Ouro: 07 votos

5º lugar

Unidos do Peruche: 06 votos

6º lugar

Leandro de Itaquera: 04 votos

7º lugar

Camisa Verde e Branco: 03 votos
Tom Maior: 03 votos

8º lugar

Império de Casa Verde: 02 votos

9º lugar

Estrela do Terceiro Milênio: 01 voto
Imperador do Ipiranga: 01 voto
Mocidade Alegre: 01 voto
Mancha Verde: 01 voto

Confira todos os votos

Ernesto Teixeira – Gaviões da Fiel

Agnaldo Amaral – Nenê de Vila Matilde

Celsinho Mody – Acadêmicos do Tatuapé

Bruno Ribas – Tom Maior

Carlos Junior – Império de Casa Verde

Wander Pires – Vai-Vai

Toninho Penteado – Unidos do Peruche

Renê Sobral – Dragões da Real

Adeílton Almeida – Imperador do Ipiranga

Alex Soares – Acadêmicos do Tucuruvi

Pê Santana – Independente Tricolor

Chitão Martins – Colorado do Brás

Thiago Brito – Mocidade Camisa Verde e Branco

Royce do Cavaco – Sociedade Rosas de Ouro

Daniel Collete – Leandro de Itaquera

Tiganá – Mocidade Alegre

Clóvis Pê – Unidos de Vila Maria

Darlan Alves – X-9 Paulistana

Juninho Branco – Pérola Negra

Vaguinho – Estrela do Terceiro Milênio

Comentários

srzd